Meio Bit » Baú » Games » O sonho acabou: Armadillo Aerospace de John Carmack é colocada em standby por falta de grana

O sonho acabou: Armadillo Aerospace de John Carmack é colocada em standby por falta de grana

Dia triste para exploração espacial: John Carmack é obrigado a colocar a Armadillo Aerospace na geladeira por não poder mais financiá-la

05/08/2013 às 10:47

John Carmack

O que todo mundo sabe: John Carmack é um desenvolvedor renomado no mundo dos games, responsável por títulos como Wolfenstein 3D (o pai dos FPS), Doom, Quake e Rage, além de ter desenvolvido boa parte da Quake Engine que permitiu a Gabe Newell criar Half-Life e com ele, a Valve.

O que pouca gente sabe: Carmack é apaixonado por ciência de foguetes desde a juventude, o que o incentivou a criar a Armadillo Aerospace, uma startup cujo objetivo primário era desenvolver uma espaçonave voltada para turismo sub-orbital, e depois o foco foi alterado para foguetes sub-orbitais recuperáveis. Sua empresa venceu duas vezes o Northrop Grumman Lunar Lander Challenge, desafio proposto pela NASA para empresas privadas para que criem módulos verticais, uma em 2008 (nível 1, pouso em uma plataforma simples) e outra em 2009 (nível 2, simulação da superfície lunar, com crateras e tudo).

Não obstante a Armadillo também desenvolveu modelos de VTVL (Vertical Take-Off, Vertical Landing), que seriam foguetes reutilizáveis, e o STIG, um foguete que seria recuperado graças a um para-quedas. Infelizmente o último teste não teve um resultado muito satisfatório: o lançamento do STIG-B III foi perfeito, mas uma falha fez com que ele caísse em espiral, e o resultado pode ser conferido pala câmera acoplada, que incrivelmente sobreviveu ao impacto:

Agora o resultado pela perda do STIG apareceu: Carmack não tem mais dinheiro para financiar seu projeto e não conseguiu nenhum contrato real para tirá-lo do papel, sendo obrigado a colocar a Armadillo Aerospace "na geladeira" e a demitir boa parte de seu pessoal, mantendo "apenas um cara" segundo o próprio, além das instalações. Ele ainda disse que a equipe chegou a repetir alguns erros anteriores da NASA no tangente à escolha de materiais, o que limitou a produção.

Carmack disse à Ars que a Armadillo só se sustentou por tanto tempo porque ele tirou do próprio bolso cerca de oito milhões de dólares durante seus 13 anos de atividade. Ele só não investiu mais US$ 2 milhões quando a coisa apertou porque segundo ele, "minha esposa evita que eu tome decisões ruins".

Apesar da situação ruim, Carmack não desistiu: ele diz que a empresa ficará no gelo até que alguém de bom coração esteja disposto a financiar sua empreitada, o que seria ótimo, pois quanto mais gente trabalhando na exploração espacial, melhor. Entretanto, na minha opinião teria de ser alguém com bala na agulha tal qual Sir Richard Branson e Elon Musk. Bill Gates seria uma boa, já que ele está na trip de salvar o mundo. 🙂

Fonte: Ars Technica.

relacionados


Comentários