Meio Bit » Baú » Hardware » No futuro japoneses poderão reaprender caligrafia com um robô

No futuro japoneses poderão reaprender caligrafia com um robô

Universidade japonesa desenvolve braço mecânico capaz de reproduzir kanjis desenhados por calígrafos e ensinar a alunos com pouco contato com a arte

02/08/2013 às 11:46

shodo-robot

Hoje em dia, com o uso constante de computadores e dispositivos móveis há uma preocupação geral de que as pessoas estão aos poucos desaprendendo escrever. Houve há dois anos atra´s inclusive um bafafá daqueles quando o Departamento de Educação do estado de Indiana, Estados Unidos aboliu o uso da letra cursiva, algo que ajuda o desenvolvimento da criança e estimula o aprendizado (conforme estudos publicados).

Isso também está preocupando os japoneses, que temem o desaparecimento do shodo (caligrafia artística), uma tradição herdada desde tempos imemoriais, e consequentemente a capacidade do japonês com a caligrafia geral seja afetada. Considerando que seu alfabeto é constituído de milhares de kanjis que precisam ser minuciosamente desenhados, é uma preocupação genuína se gerações futuras perderem o contato com ela, comprovada por uma pesquisa realizada em 2012, onde 60% dos entrevistados admitiram que estão perdendo a capacidade de desenhar kanjis. É aí que entra o robô demonstrado no vídeo a seguir.

Desenvolvido na Universidade de Keio pela equipe do professor adjunto do Departamento de Engenharia e Design de Sistemas Seiichiro Katsura, o braço mecânico foi projetado para replicar os movimentos de Juho Sado, um renomado calígrafo de 89 anos de idade com precisão, e inclusive aprende qual a pressão necessária a ser aplicada no papel para desenhar o caracter. Após a captura do movimento, uma criança só precisa segurar a haste e observar como o robô se movimenta, tentando seguir o processo. Um workshop foi realizado com crianças do fundamental na última terça-feira, demonstrando a técnica.

Ainda que a pesquisa esteja no comecinho, todo esforço para manter a tradição da caligrafia, seja aqui ou lá é válida, a escrita cursiva é importante tanto para a alfabetização quanto para o desenvolvimento cognitivo, e não pode ser abandonada.

Fonte: PopSci.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários