Meio Bit » Baú » Games » A história por trás do clássico The Oregon Trail

A história por trás do clássico The Oregon Trail

Você conhece o jogo The Oregon Trail? Artigo conta um pouco da sua história e como um projeto de duas semanas se tornou tão popular.

02/08/2013 às 10:00

the-oregon-trail

Na história dos games existem títulos que se tornaram extremamente populares e existem aqueles que conseguiram se transformar em ícones culturais. Um deles é o The Oregon Trail, jogo que desde o seu lançamento vendeu mais de 65 milhões de cópias e que foi responsável por imortalizar frases como “Você morreu de disenteria.”

Caso não o conheça, o site Montal Floss publicou um artigo imperdível contando a história da criação do clássico e como três amigos, Bill Heinemann, Paul Dillenberger e Don Rawitsch, se uniram em 1971 para criar um jogo de tabuleiro que ajudaria seus alunos a entenderem como era a dura vida dos imigrantes norte-americanos no século 19.

Eles então tiveram a ideia de usar máquinas de escrever elétricas conectadas a um computador central da escola para simular a rolagem dos dados e perceberam que outros aspectos poderiam ser calculados ali, como o peso que poderia ser carregado ou quanto custaria um boi. Duas semanas depois, quando o jogo foi apresentado aos alunos em forma de um adventure de texto, logo se tornou bastante popular e acabou sendo levado a outros colégios.

O seu principal destaque era mesmo a capacidade de ensinar de forma divertida, mas faltava uma maneira de levá-lo a um número maior de pessoas e após o Apple II chegou ao mercado, estava ali a oportunidade de distribuí-lo, o que acabou fazendo com que outras pessoas fizessem modificações, adicionassem sons e imagens e resultando na versão que muitos se lembram.

Quanto o trio lucrou com a criação? Praticamente nada, mas Rawitsch diz que eles nunca se importaram com isso e que ser creditado como um dos criadores do The Oregon Trail lhes ajudou a quebrar o gelo durante algumas conversas. Pelo menos eles não sofreram como os personagens de sua criação.

relacionados


Comentários