Meio Bit » Baú » Fotografia » Amazon libera vendas internacionais de MP3 sem DRM - Chupa, Jobs

Amazon libera vendas internacionais de MP3 sem DRM - Chupa, Jobs

28/01/2008 às 15:52

Apertar demais, sai entre os dedos, já dizia o velho ditado. A estratégia da Apple de só entrar nos mercados altamente lucrativos, não oferecendo serviço que saia de seu controle faz com que ela demore muito a criar presença. Em um mundo globalizado, onde se o episódio que foi ao ar ontem não estiver em nossa TV hoje, optaremos pela versão bit torrent, não dá para deixar geeks do mundo inteiro chupando dedo.

A Amazon percebe essa demanda, e primeiro ofereceu músicas sem DRM em sua loja online. São mais de 3 milhões de músicas, de todas as grandes gravadoras e mais 33.000 selos independentes.

Agora está disponibilizando essas músicas para vendas fora do mercado americano. E a preços competitivos. Na verdade mais barato que na loja do iTunes. Que, por sua vez, não tem problema nenhum em aceitar MP3 de terceiros, portanto as músicas da Amazon são completamente compatíveis com seu iPod. Ou seu xing-ling.

Só como exemplo, Rehab, da Amy Winehouse (eu sei, eu sou cruel) custa US$0,89.

Acho que as duas únicas pessoas do mundo que não gostaram foram o Steve Jobs, por ver seu monopólio ameaçado, e Richard Stallman, afinal a Amazon vende MP3, que é um formato maligno, protegido por patentes, e ele não gosta, inclusive exige que suas entrevistas sejam divulgadas em Ogg, não em MP3.

Quer saber? Os dois que se danem.

Fonte: Amazon

relacionados


Comentários