Meio Bit » Baú » Games » As mulheres estão em alta, inclusive nos videogames

As mulheres estão em alta, inclusive nos videogames

Depois de anos sendo retratadas nos games apenas como objetos, chegou a hora das mulheres ganharem sua importância com personagens fortes.

01/08/2013 às 15:22

new_female_characters

Nas últimas semanas, diversos posts pintaram aqui no Meio Bit falando sobre as mulheres no comando de grandes corporações. O pulso forte de Marissa Mayer no Yahoo e Nancy Tellem como nova Presidente da divisão de entretenimento da Microsoft são apenas alguns exemplos mas reforçam uma tendência muito forte também na indústria de videogames: as mulheres estão em alta.

Atualmente temos dois grandes expoentes masculinos como símbolo de atores nos jogos, Nolan North e Troy Baker. Somados, eles aparecem em nada menos do que nove blockbusters nos últimos meses em consoles, o que só confirma a qualidade dos caras e a importância que jogos tem tido para esses atores. Acho que Troy Baker, inclusive, já pode ser considerado o Andy Serkis dos videogames.

Maaaasss, também nesses lançamentos não são os personagens masculinos que despertaram a atenção dos jogadores e críticos da indústria mas sim as personagens garotas-meninas-mulheres, e não pelos motivos que estamos acostumados.

É unanimidade que Clementine, Elizabeth e Ellie são as melhores personagens dessa geração (ou seria da história dos games?), cada uma com uma personalidade única. Fato curioso é que todas apareceram em um espaço de tempo bem curto o que OU confirma a hipótese de que existe uma hive mind no mundo dos videogames OU que as mulheres estão realmente dominando o mundo ;).

Todas possuem características fortes e personalidades que criam empatia com o jogador logo nos primeiros encontros. Clementine criou um senso de responsabilidade imediata: proteger a menininha daquele mundo onde atrocidades acontecem a todo instante era prioridade. Vê-la se tornando madura e encarando o mundo foi incrível; Elizabeth me encantou na primeira cena. Além do estilo "princesa da Disney", os diálogos e ações da moça dentro do jogo me fizeram querer passar mais tempo com ela e conhecer melhor sua história; Por último, Ellie, que nasceu num mundo já destruído, se encantava com pequenas coisas florestas, girafas, macacos e só queria ver o mundo "consertado".

Não quero dizer, entretanto, que os personagens masculinos são ruins. Ao contrário, Lee, Booker e Joel são também muito bem construídos. Enquanto jogava The Last of Us, por exemplo, desenvolvi um desprezo enorme pelo Joel até finalmente entender suas motivações no final da história. Isso é algo que só foi possível pelo ótimo roteiro e background criado para o personagem. Porém, as personagens femininas tem ofuscado bastante a participação do típico herói de videogames.

girls_on_games

Boa parte desse sucesso veio devido às ótimas atrizes que interpretaram os papéis dessas personagens: Melissa Hutchison, voz de Clementine, foi escolhida pela equipe da Telltale depois de muitos testes frustrados; A belíssima Courtnee Draper que deu voz de forma brilhante à Elizabeth em Bioshock Infinite e Heater Gordon que foi a responsável pelo mocap da personagem; por último, mas não menos importante, Ashley Johnson que conseguiu transmitir a serenidade e força da menina Ellie.

Inicialmente pensei que todo esse destaque se daria pela facilidade de contar a história de um personagem com o qual você apenas interage e te acompanha ao longo do jogo mas logo lembrei da nova Lara Croft que, apesar de não ser tão incrível quando as que citei acima, é uma personagem muito bem construída e que recebeu muitos elogios e críticas positivas. Além dela, ainda há a mais recente protagonista da Capcom, Nilin, que apesar do jogo aparentemente ser uma boa porcaria, está recebendo ótimas críticas quando ao enredo e personagens.

Em breve teremos mais uma personagem feminina forte, com Ellen Page no papel de Jodie Holmes no (até agora indecifrável para mim) jogo Beyound: Two Souls, que já está gerando uma expectativa absurda nos jogadores. Agora, independente do sexo, o fato é que tudo isso contribui para a afirmação dos jogos como um meio incrível de entretenimento, com o trabalho ficando cada vez mais profissional com atores cada vez melhores e personagens cada vez mais cativantes.

E vocês? O que acham das personagens? Cativaram vocês? Digam ai nos comentários!!!

relacionados


Comentários