Meio Bit » Baú » Games » Criador do Resident Evil diz que sequências prejudicam jogos de terror

Criador do Resident Evil diz que sequências prejudicam jogos de terror

Para criador da série Resident Evil, continuações é algo ruim para jogos de terror e com o The Evil Within sua intenção é voltar às raízes do gênero.

22/07/2013 às 13:00

the-evil-within_22.07.13

Uma das maiores promessas para quem gosta de jogos de terror é o The Evil Within, título que deverá chegar em 2014 ao PC, PlayStation 3, PlayStation 4, Xbox 360 e Xbox One, e que tem como um dos principais destaques estar sendo desenvolvido por Shinji Mikami, o pai do Resident Evil.

Durante uma entrevista ao site Eurogamer o game designer falou sobre como as continuações podem prejudicar os jogos do gênero e mesmo sem ter citado a sua principal criação, Mikami acabou fazendo uma crítica à franquia da Capcom e porque não, ao seu próprio trabalho.

Usado na hora certa e da maneira correta, tirar o poder do personagem pode ser a arma mais poderosa para o criador de um jogo de terror. As sequências são portanto um grande problema nessa área. Conforme uma série de terror tem continuidade você começa a conhecer como os inimigos serão e apenas este conhecimento faz com que o jogo naturalmente seja menos assustador. Então, para conquistar um público maior os designer adicionam mais ação, o que reduz ainda mais o quão assustador o jogo se parece.

Ao invés de introduzir novas ideias eu quero retornar às raízes do terror, quero explorar o medo novamente e aquele sentimento de superação do medo, algo único aos games.

Mikami afirmou ainda que está trabalhando no The Evil Within porque acha divertido assustar as pessoas e que se sente um pouco despontado por existir um número tão limitado de gêneros atualmente, problema que os jogos independentes poderão ajudar a resolver.

Tenho que admitir que nunca havia pensado por este lado, mas penso que este problema pode ser resolvido com uma relativa facilidade, bastando que o estúdio adicione algumas novidades aos personagens que serão reaproveitados e quando possível, sem utilizar enredos que sejam continuações diretas, assim como vemos na série Silent Hill.

relacionados


Comentários