Meio Bit » Arquivos » Games » Será que um dia teremos um Oculus Rift de graça?

Será que um dia teremos um Oculus Rift de graça?

Fabricante revela que tentará fazer parcerias para poder oferecer o Oculus Rift de graça ou pelo menor preço possível.

19/07/2013 às 8:30

oculus-rift_17.07.13

Talvez o futuro mostre que estou completamente errado e que meu ceticismo se deve ao fato de não ter experimentado o produto, mas a verdade é que eu ainda não consegui me empolgar com o Oculus Rift. Não sei ao certo se por minha experiência com algo parecido não ter sido das melhores, se por causa das críticas vindas da própria indústria ou simplesmente por causa do preço um tanto salgado, mas em relação a este último problema pode ser que haja uma solução.

Quanto menor o preço de entrada, maior será o público atingido,” explicou o CEO da fabricante, Brendan Iribe. “Temos todos os tipos de ideias. Adoraríamos que ele se tornasse gratuito algum dia, então como poderíamos fazer com que se tornasse o mais próximo possível da gratuidade? Obviamente isso não acontecerá no início. Estamos almejando um preço de US$ 300 no momento, mas há potencial para que se torne menos caro devido a algumas parcerias diferentes e estratégias.

Iribe citou então os casos de Microsoft e Sony, que conseguem subsidiar seus consoles através do licenciamento de jogos e disse esperar que sua empresa possa chegar a este nível, mas que para isso é de fundamental importância que o maior número possível de pessoas seja atingido.

Previsto para ser disponibilizado ao público apenas no ano que vem, o dispositivo de realidade virtual conseguiu levantar 2,4 milhões de dólares através de uma campanha no Kickstarter e no último mês recebeu uma injeção de mais US$ 16 milhões das firmas de investimento Spark Capital e Matrix Partners, o que reforça a confiança de que o acessório poderá se tornar um grande sucesso comercial.

Por enquanto eu não tenho a menor intenção de comprar o Oculus Rift por quase o mesmo que eu pagaria num console da próxima geração, mas se ele realmente sofrer uma bela diminuição no preço, acho que seria uma boa ideia.

[via GamesIndustry]

relacionados


Comentários