Meio Bit » Arquivos » Net Vírtua: Traffic Shapping Limitando BitTorrent

Net Vírtua: Traffic Shapping Limitando BitTorrent

13/01/2008 às 21:35

Traffic Shapping é a limitação de um protocolo ou tecnologia de transmissão de dados por provedores de Internet para otimizar a banda disponível. Se você usa muito BitTorrent e é cliente da Net Vírtua, há tempos existem rumores sobre enormes limitações ao protocolo.

E o interessante é que essas limitações são intermitentes. Em uma semana, certa região fica extramentamente limitada e outra possui alguma folga, com downloads mais rápidos. Toda vez que um leitor reclama, eu faço um teste, com 2 downloads totalmente legais e sempre consigo taxas altas de download e não conseguia confirmar.

Pois nesse domingo, finalmente caiu na minha região o traffic shapping do Vírtua e posso dizer que estou completamente desapontado. A empresa afirma que não faz... bem, se esse for o caso, o serviço de acesso é um LIXO! Estou tentando efetuar a download do OpenSuse 10.3 e a velocidade que era de 300KB/s não passa de 10KB/s. Ou melhor, quase nunca chega a isso. E estou falando de uma distro Linux, famosa, com 4.3GB de tamanho e de acordo com o µTorrent, vai levar 2 semanas e meia.

Ou seja, meu serviço de banda larga de 4Mbps só pode estar limitando, porque o download por http está com velocidade razoável. Será que é tão difícil para uma empresa simplesmente dizer: fazemos sim, pelos motivos A, B e C.

Uma das razões para inutilizar o BitTorrent é economizar banda para outros tipos de aplicação, como jogos online, stream de vídeo, navegar pela web e downloads pequenos via ftp/http. Os sistemas de traffic shapping podem limitar a velocidade de download de arquivos muito grandes, portas, protocolos, etc.

Que tal fazer um teste?

Tente efetuar o download do Open Suse 10.3¹ e do EVE Online Client, por BitTorrent. Deixe ligado por uns 15 minutos, anote o resultado e compartilhe nos comentários. O Open Suse é uma distro Linux, uma das melhores do mercado. O Eve Online é um MMORPG de ficção, compatível com Windows, Mac e Linux.

relacionados


Comentários