Meio Bit » Baú » Indústria » Sony irá vender MP3 na Amazon: DRM ferido de morte

Sony irá vender MP3 na Amazon: DRM ferido de morte

11/01/2008 às 22:21

A Sony BMG, o braço musical da empresa, anunciou ontem que irá vender música sem DRM, ou seja, sem proteção, na loja de música digital da Amazon.com. Ainda segundo a notícia, isso faz com que a loja tenha 4 grandes gravadoras vendendo música sem proteção.

A Sony é uma empresa escaldada com seus erros, como o escândalo do rootkit instalado no computador do usuário, e bastante viciada em proteção de propriedade intelectual e sistemas proprietários de armazenamento. São bastante tradicionais em suas políticas e ver a empresa tomar essa decisão é possível dizer que o DRM, para música, está ferido de morte.

Essa notícia vem ao encontro da carta do atual CEO da Apple, Steve Jobs, em que o mesmo afirmava que era hora de abandonar a proteção digital.

A Sony não é boazinha. É uma empresa que notou 2 coisas:
1. A Apple está poderosa demais com a dupla iTunes + iPod, controlando a forma de vender música e com preços fixos. A Amazon oferece pacotes e preços diferenciados, como a gravadora quer.
2. O DRM além de não impedir a pirataria, afetava as vendas.

O resultado é esse. Incrível ver como as mesmas gravadoras que tentaram lutar contra a evolução do MP3, tentando vender CDs, caçaram usuários P2P, implodiram o Napster, processaram consumidores, processaram provedores de internet agora abraçam a tecnologia. Se não pode lutar, junte-se a eles, sob o risco de virar pó por causa da tecnologia.

Fonte: NYTimes

relacionados


Comentários