Meio Bit » Baú » Games » Analista diz que Wii U está fadado a um distante terceiro lugar

Analista diz que Wii U está fadado a um distante terceiro lugar

Analista Michael Pachter diz que a Nintendo não conseguirá alcançar os concorrentes na atual geração de consoles

05/07/2013 às 13:00

gogoni-wii-u

Se tem alguém que os fãs da Nintendo odeiam, esse é o analista de mercado Michael Pachter, famoso por suas previsões controversas sobre o mercado de videogames. Depois de ter dito que o Wii U foi um erro e que a empresa não se recuperaria disso, ele agora voltou a delinear um futuro negro para a companhia, tendo em vista o iminente lançamento do PS4 e o Xbox One.

Em entrevista à ABC News, Pachter disse que "a Nintendo está no pé de uma montanha enorme e com um paredão íngreme", e que os novos consoles vão aumentar ainda mais o desafio de escalá-la. Para ele, a empresa esperou dois anos para lançar um console a concorrer com o PS3 e o Xbox 360 (ainda que o Wii tenha vendido bem mais que ambos, num determinado momento o fôlego da novidade acabou e ele ficou para trás), e quando o fez foi ultrapassado rapidamente pelos concorrentes, o que para ele fará a Nintendo amargar "um distante terceiro lugar".

"Com o PS4 custando apenas 50 dólares a mais do que o Wii U, por quê alguém o compraria sem ser para jogar games da Nintendo?", disse Pachter, que sabe que a Nintendo tem dinheiro em caixa e não mencionou nada sobre uma improvável falência da empresa, mas concentrou toda sua crítica no mal momento do console de mesa, que para ele será fonte de dor de cabeça a curto prazo:

"Eu acho que a Nintendo está tendo vários problemas no momento. As desenvolvedoras estão empolgadas em desenvolver para o PS4 ou para o Xbox One, mas ninguém fala nada do Wii U". Quer dizer, até falam, mas para falar que não estão fazendo muita coisa, vide a EA (que depois voltou atrás) e a Insomniac.

Mas como Pachter não seria ele mesmo sem falar besteira, ele soltou a pérola:

"Se virmos outras desenvolvedoras seguirem a EA - se a Activision ou a Ubisoft retirarem o suporte - então o Wii vai se tornar um console apenas com games da Nintendo, que é o que o NES era."

Se ele dissesse isso do GameCube eu até concordaria, mas o NES tinha diversos games de muitas desenvolvedoras como Capcom, Square, Enix, Rare e outras. Dizer que o console que praticamente salvou a indústria dos videogames de Nintendo-only é maluquice e atesta que ele pode entender de mercado, mas é uma toupeira em termos de história dos videogames.

Enfim, a Nintendo acredita que fortalecer o Wii U com games próprios de qualidade vai ajudar a reverter essa crise, mas não dá para saber se isso incentivará as produtoras a desenvolver para uma plataforma que possui limitações técnica e não roda algumas engines mais recentes, o que significaria desenvolver de forma exclusiva, o que pode ser um empecilho para as empresas que desejariam portar seus títulos em vários consoles.

Fonte: CVG.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários