Meio Bit » Baú » Games » Para a Sony, recepção negativa do Xbox One apontou qual caminho a empresa deveria tomar

Para a Sony, recepção negativa do Xbox One apontou qual caminho a empresa deveria tomar

Para o presidente da SCE Worldwide Studios, a reação do público ao Xbox One ajudou a decidir qual seria a posição da Sony

26/06/2013 às 17:00

gogoni-yoshida

Quem assitiu às conferências da E3 pode ver ao vivo e à cores a sequência de golpes que a Sony desferiu na Microsoft, ao anunciar que o PS4 não terá nenhuma das limitações que a Microsoft inicialmente havia revelado para o Xbox One. A surra foi tão feia e a reclamação dos jogadores foi tão intensa que ela acabou revendo sua posição.

Diferente da Microsoft, que resolveu agradar as desenvolvedoras e prejudicar os jogadores, a Sony preferiu escutar o público. Segundo o presidente da SCE Worldwide Studios Shuhei Yoshida, o feedback dos gamers teve parte importante durante o desenvolvimento das políticas do console, assim como toda a repercussão negativa acerca do Xbox One:

"Não é como se nossas políticas tenham sido estritamente decididas através da reação do público, mas enquanto estávamos decidindo o que fazer e como fazer, digamos que isso é uma fonte bem útil."

O presidente da SCE para Japão e Ásia Hiroshi Kawano concorda e acrescenta:

"Nós fizemos uma lista sobre o que as pessoas esperavam de nós para esse sistema; debatemos cada um deles, usando o feedback dos usuários como base. Os desenvolvedores também nos diziam que poderiam fazer coisas divertidas com ele (o PS4). Uma nova plataforma sempre fornece a base para novas formas de jogar, então eu gostaria de vê-lo conectado à revitalização do mercado".

É uma abordagem interessante, principalmente se pararmos para pensar que a Sony estaria em tese realmente ouvindo os jogadores. Claro, trata-se de marketing, até porque a empresa deixou um dos pontos de reclamação, a trava de região, a cargo das desenvolvedoras como é no PS3 (mas ninguém usa). Mesmo que o PS4 não fosse no início tão restritivo quanto o Xbox One, é possível que uma ou outra coisa mais chata estivesse presente e foi podada após o buzz negativo que a Microsoft teve que aguentar. O que a Sony não poderia fazer seria ir pelo mesmo caminho, o que seria benéfico à Nintendo, mesmo com seus consoles possuindo travas de região desde sempre (e seus portáteis, desde o 3DS).

Fonte: Polygon.

Leia mais sobre: , , , , .

relacionados


Comentários