Meio Bit » Baú » Indústria » Yahoo processado (e condenado) por pirataria na China

Yahoo processado (e condenado) por pirataria na China

26/12/2007 às 5:34

Eu sei, é o roto falando do esfarrapado, mas as cortes chinesas não quiseram saber. Em um processo movido pelas grandes gravadoras, o Yahoo foi considerado culpado por distribuir músicas pirateadas em MP3.

Claro, pensei que fosse na área de hospedagem, Geocities, algo assim. Mas ao ler a defesa do Yahoo, vi que havia algo errado. Lendo com mais detalhe, a surpresa: Os sites NÃO estavam hospedados no Yahoo. A grande questão é que as páginas estavam indexadas no buscador do Yahoo.

Isso mesmo. Eles só linkavam para páginas, que retornavam quando de uma busca por "MP3", "Download", etc.

A indenização não foi grande coisa. US$28,600, embora o juiz que não entende o funcionamento básico da Internet provavelmente não tem idéia também do tamanho do Yahoo, e determinou a indenização baseado no salário diário de US$0,005 que o pequeno Ping ganha para trabalhar na fábrica chinesa que faz os iPods pra Apple.

O litígio todo envolve o download ilegal de 229 músicas. (é, só isso.)

A questão da pirataria aqui não é o maior problema. O que assusta MESMO é que na China você pode ser condenado por disponibilizar um link para outro site. E não foi nem mesmo um link "inocente" como aquela desculpa esfarrapada dos sites de torrents que dizem "este site não contém nenhum arquivo de mídia", mas inocente tanto quanto um sistema de buscas pode ser, ao indexar de forma automática os sites que encontra.

Se até isso, se até disponibilizar links é algo que pode trazer graves conseqüências legais, a própria base da Internet está ameaçada. Ao menos na China.

Fonte: Google News

relacionados


Comentários