Meio Bit » Baú » Indústria » Vídeos online em alta-definição: ainda estamos na pré-historia

Vídeos online em alta-definição: ainda estamos na pré-historia

21/12/2007 às 21:41

Acabo de ler um post interessante no blog do Gui Leite (sim, ele voltou a postar), comentando sobre a frustração dele ao assistir um episódio de 24 horas comprado na iTunes Store, após assistir vários episódios em DVD.

As frustrações dele são justificadas, porém fiquei pensando nos motivos pelos quais ainda não temos vídeos em alta-definição online. As razões são múltiplas:
- Falta de banda larga: essa semana assisti a temporada inteira de Damages, comprada na iTunes Store também. Assisti no Macbook, portanto devido ao tamanho da tela nem me incomodei. O que me incomodou é demorar mais de 1 hora para baixar cada episódio, que tem em média 500 Mb. Imagine que no Brasil, poucos tem acesso a banda-larga que tenha mais de 2 Mbits....imagine se o tamanho do episódio em alta-definição tivesse 5 vezes o tamanho do convencional: seriam 2.5 Gb por episódio. Impraticável, não só pela demora para baixar cada episódio, mas também pelo fato dos provedores chiarem (experimente baixar 100 Gb em um mês, vários provedores não só reclamam, como também podem cancelar o contrato). A demora também tira o diferencial da compra por impulso. Ninguém quer esperar horas para baixar um episódio. Se for para esperar, mais vantagem é ir na locadora vizinha e locar o DVD.
- Vendo pelo lado do provedor dos vídeos, há também um custo significativo para aguentar este tráfego adicional.
- Outro problema é para armazenar os episódios. Ainda supondo que cada episódio de 40-50 minutos tenha 2.5 Gb, um computador médio hoje tem 150-200 Gb de disco rígido. Não seria muito difícil encher isso, por exemplo, se a pessoa resolve comprar vários filmes, séries, etc.
- O Gui Leite também acha o valor de US$1.99 por episódio alto. Não conheço a economia nem os acordos que a Apple fez para chegar a este valor (aliás, provavelmente ninguém fora da Apple fora a distribuidora sabe), mas o fato é que para vender conteúdo em alta-definição este preço não é menor, o que gera outro problema: como vender algo de melhor qualidade por um preço menor ? Só mesmo tendo economia de escala, mas pelos fatores mencionados acima, isto fica ainda mais difícil.

O que fazer ? Basta esperar alguns anos. Maior largura de banda, mais espaço de armazenamento, computadores melhores, preços mais baixos. Falta isso.

relacionados


Comentários