Meio Bit » Baú » Demais assuntos » Apple inova com a negociação extrajudicial Caracu

Apple inova com a negociação extrajudicial Caracu

20/12/2007 às 14:56

steve_eviljobs.jpg

Steve Jobs não é bonzinho. Não se engane. Ele pode ser o Escolhido, pode ter o Dom da Cura, mas ele é bem mais implacável do que a imagem de Zen vendida por seus assessores e RPs.

O ThinkSecret é (ou era) um blog especializado em rumores e informações de alcova sobre a Apple, comandado por Nicholas M. Ciarelli desde os 13 anos. Aos 19 ele publicou um furo de reportagem, falando do lançamento do MacMini e da suite iLife2005, com duas semanas de antecedência.

A Apple não gostou. Entrou com um processo alegando que Nicholas violava a Lei ao pedir dicas anônimas e que induzia funcionários da Apple a violar seus acordos de confidencialidade. Queriam inclusive que ele divulgasse quem passou as dicas quentes. O garoto era bom, tanto que anunciou o iPod uma semana antes da Apple divulgar o player.

Problema: De um lado temos uma empresa mega-corporation malvada cheia de dinheiro daquelas que deixam o Michael Moore sexualmente excitado. Do outro lado temos um estudante. A briga já é tão injusta quanto seria um combate -se não entender pergunte a um leitor de quadrinhos- Tucão versus Galactus.

Agora o Think Secret divulgou uma nota.

Apple e Think Secret chegaram a um acordo que resultou em uma solução positiva para ambos os lados. Como parte do acordo confidencial, nenhuma fonte foi revelada e o Think Secret não será mais publicado [grifo meu - cardoso]. Nick CIarelli, publisher do Think Secret diz "Estou satisfeito que tenhamos conseguido esse acordo amigável, e agora poderei seguir adiante com meus estudos na faculdade e outros projetos jornalísticos"

Como assim, Bial? O guri tinha um dos sites mais visitados do mundo Apple, tocava com competência desde os 13 anos, foi afogado em custas judiciais e ameaças de advogados corporativos (eu vejo Lei e Ordem, sei como é isso) PERDEU O SITE e ainda tem que dizer que foi bom pra ambas as partes?

Steve Job tem que entender que levar o próprio KY não o torna um sujeito mais legal. Processar blogs porque seus funcionários não conseguem ficar de boca calada também não.

Fonte: Think Secret, Crunchgear

relacionados


Comentários