Meio Bit » Baú » Indústria » Palm Inc demite mais de cem

Palm Inc demite mais de cem

17/12/2007 às 3:15

E pelo que dá pra perceber, a Palm Inc está mesmo em maus lençóis: notícias dão conta que nesta semana a empresa demitiu 10% de sua força de trabalho com o objetivo de cortar despesas. Seriam mais de 100 postos de trabalho extintos de um universo de 1.150.

De acordo com declarações oficiais da empresa as demissões fazem parte de um esforço em curso para "focar e alinhar recursos por trás de iniciativas fundamentais" e "garantir que nossas despesas estejam alinhadas com as receitas de nossos projetos". Nos últimos tempos a Palm tem dado alguns passos errados, incluindo atrasos no lançamento de produtos, e o cancelamento de um computador portátil chamado Foleo, que entre outros absurdos exigiria um Treo conectado para poder fazer aquilo a que se propunha: acessar Internet.

É por coisas assim que o mundo dos negócios é mesmo fascinante. Afinal, não faz muito tempo que a marca Palm virou sinônimo de computador de mão (ainda hoje é comum as pessoas dizerem que compraram um "palm" da HP, ou um telefone com "palm" integrado). Seus produtoseram de simplicidade e eficiência fora do comum. Quem poderia imaginar que a dona de uma marca com tais características viria a quebrar?

Mas a moeda sempre tem dois lados e eu vejo pelo menos dois aspectos positivos nessa atual crise da empresa de Sunnyvale. Primeiro, para os investidores: todo mundo sabe que a hora de comprar ações é quando elas estão em baixa, e as da Palm estão caindo a olhos vistos!

Ironias à parte, o segundo grupo de beneficiados é aquele formado por usuários chinelões que se penduram em sites de leilão para comprar bugigangas usadas, que poderão tirar vantagem de preços cada vez mais convidativos. Eu, por exemplo, acabo de comprar um Tungsten E para substituir meu Zire 21, e com dois ou três programas indispensáveis, de terceiros, a maquininha é mais importante no meu cotidiano que o próprio notebook.

[via Struggling Palm Lays Off Workers]

relacionados


Comentários