Meio Bit » Arquivos » Mobile » Apple apresenta o revolucionário iOS 7

Apple apresenta o revolucionário iOS 7

Durante o keynote na WWDC, em San Francisco, na Califórnia, a Apple apresentou o iOS 7, a próxima versão do seu sistema operacional móvel. Com um sistema totalmente redesenhado, um centro de notificações mais útil e centro de controle, parece que a Apple andou fazendo a lição de casa.

10/06/2013 às 18:44

Durante sua principal apresentação na World Wide Developers Conference, a WWDC, que acontece em San Francisco, na Califórnia, a Apple apresentou a próxima versão do seu sistema operacional móvel. Se há algum tempo a reclamação de muitos emigrantes do iOS era a falta de novidades, o momento de mudanças finalmente chegou.

Screen Shot 2013-06-10 at 5.02.51 PM

O iOS 7 perdeu o visual que carregou durante todos estes 5 anos, que tenta imitar a aparência de suas ferramentas de similares reais, o chamado Skeumorfismo, e partiu para um visual limpo, sem relevos. O resultado visual, aliado com as novas funções, traz um iOS totalmente novo.

Sobre as novas funções, o que se viu apresentado é de se encher os olhos. Se há tempos a Apple vem apresentando soluções mirabolantes para problemas que você nem mesmo tinha (sim, falo do Siri), a "volta ao simples" do iOS, magistralmente orquestrado pelo designer Sir Jony Ive, também traz de volta funções que realmente facilitam o usuário.

Dentre todas as novidades, vamos destacar quatro.

Control Center - acesso rápido às principais funções do aparelho. Controle da música, brilho da tela, ligar e desligar GPS, Do Not Disturb, wi-fi, bluetooth, conectar ao Air Play, calculadora e até lanterna. O Control Center pode ser acessado de qualquer lugar ou app. Nada mais de entrar no settings apenas para desligar o wi-fi.

Notification Center - Uma função já existente no iOS 6, mas que possui muitas limitações. A nova central de notificações tem a nova tab Today, que informa eventos para facilitar sua rotina, como se está chovendo, ou como está o trânsito ou quais os compromissos da sua agenda. Ainda não dá para saber se é possível interagir com notificações direto da central, mas já temos um grande avanço.

Multitasking - Mudanças visuais, exibindo janelas de cada uma das apps abertas, e não apenas navegando entre ícones no fundo da tela. O multitasking do iOS 7 se compromete em manter todas as apps abertas, sem sacrificar o consumo de bateria. Também agora se antecipará à sua rotina, atualizando as apps em plano de fundo, como sua rede socal ou leitor de RSS.

Safari - um dos maiores beneficiados da avalanche de novidades. Navegação por tabs agora é mais ágil e infinitamente mais bonita. Integração com o novo iCloud Keychain, que memoriza e salva suas senhas em um único lugar. Reading List, que permite ler as notícias publicadas de forma limpa, incluindo links na timeline do seu Twitter. E finalmente temos no Safari com integração da barra de busca com a barra de URL. Sim, amigos, este dia chegou (ou chegará)!

E o iOS 7 não fica só por aí. Outros recursos apresentados foram:

Air Drop - Fazendo graça com a falta de NFC, agora é possível compartilhar dados com outros iDevices e Macs próximos de você. Aparentemente, esta função ficará restrita a produtos Apple (mas pelo menos você não vai precisar encostar seu iPhone em outro).

Camera - Filtros e até corte em formato quadrado de suas fotos, para já ficar printa pro Instagram.

Photos - É possível agora ver suas fotos em timeline e adicionar informações a elas.

iTunes Radio - A expectativa do iRadio era de um serviço de assinatura de músicas, mas como maior vendedor de música digital do mundo, a Apple preferiu ir com cautela e o iRadio funciona como um Pandora: ouça playlists baseadas com seu gosto musical de graça, com comerciais, ou sem comerciais, para os assinantes do iTunes Match.

Siri - Siri ganhou uma bela repaginada, seguindo todo o iOS 7. Agora Siri deixou de ser "ela" e pode ser também "ele", com vozes masculinas e femininas em diferentes linguagens e que soam bem mais naturais. As buscas agora usarão o Bing, da Microsoft, e Siri também poderá responder perguntas desafiantes que se encontram no Wikipedia ou no Twitter.

Por fim, o iOS sairá dos iDevices e poderá integrar computadores de bordo de várias montadoras, servindo para navegação ou para achar estabelecimentos. Ainda precisamos de mais informações, mas estaremos de olho.

Se Tim Cook queria um grande marco de sua carreira como CEO da Apple depois da saída de Steve Jobs, podemos considerar assim esta WWDC. Talvez algumas de suas funções não sejam novidades, mas eram extremamente necessárias. E seguir o mercado não é mal algum, desde que se faça bem feito.

O iOS 7 estará disponível a partir do iPhone 4 (com algums recursos limitados) e está previsto para ser lançado junto com a nova família de iDevices no outono do hemisfério Norte.

Confira abaixo uma galeria de imagens do iOS 7.

Leia também:

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários