Meio Bit » Baú » Mobile » Aparelhos Android ajudam a proteger as florestas tropicais da ação dos madeireiros

Aparelhos Android ajudam a proteger as florestas tropicais da ação dos madeireiros

Contra desmatamentos ilegais: aparelhos Android escutam a ação das motosserras e avisam a polícia.

07/06/2013 às 12:43


androidtree-1370604928

A gente costuma falar que os smartphones podem fazer praticamente tudo hoje em dia, mas isso que está sendo feito com aparelhos Android na Indonésia é de fato surpreendente.

Topher White é um visionário, fundador da organização Rainforest Connection, que fica em São Francisco, nos Estados Unidos. Ele acaba de instalar um projeto piloto nas florestas da Sumatra, que utiliza estes smartphones para gravar e identificar o som de motosserras. Com isso, forma-se uma rede de dispositivos que funcionam como sensores da ação predatória dos madeireiros. Quando uma investida assim é registrada, o aparelho imediatamente envia mensagens de emergência para que os policiais possam intervir.

Tratam-se de aparelhos Android modificados, que funcionam com energia solar para poderem ficar ligado interruptamente. Um app rodando 100% do tempo é responsável por ficar escutando o que acontece ao redor das árvores e por enviar os pedidos de ajuda para a central.

mg21829205.600-1_300

Planos futuros envolvem a utilização de um número enorme de smartphones doados por pessoas que fizeram um upgrade para versões mais atuais.

Além disso, eles estão estudando formas de permitir que os moradores locais instalem os aparelhos na rede por eles mesmos, aumentando o poder de atuação do sistema de proteção da floresta.

É importante lembrar que a Indonésia perde mais de um milhão de hectares de floresta por ano, de acordo com uma estimativa da Rainforest Action Network.

Ela é uma das maiores áreas verdes do mundo, e lar de zilhares de espécies únicas, entre plantas e animais. Mais da metade da floresta tropical indonésia já foi consumida desde 1960.

Vocês conseguem enxergar alguma similaridade com outra certa floresta tropical sob ação predatória? Pois é.

Bom, se este projeto vai dar certo, eu não sei. Imagino que a primeira coisa que os madeireiros vão fazer é colocar alguém pra procurar e destruir os celulares. De qualquer forma, é legal ver a tecnologia sendo usada como ferramenta de proteção ambiental. Não sou eco-chato, nada nem perto disso, mas é bom reconhecer que tem gente fazendo alguma coisa nesse sentido.

Fonte: New Scientist.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários