Meio Bit » Baú » Mobile » Governo Obama diz que "não vê problema" em coletar dados dos clientes da Verizon

Governo Obama diz que "não vê problema" em coletar dados dos clientes da Verizon

Após vazamento de ordem judicial, governo norte-americano admite coletar registros de ligações da Verizon

06/06/2013 às 16:18

"Ih, acho que peguei alguma coisa finalmente"

Em uma declaração incomum, o governo americano admitiu que está recolhendo uma grande quantidade de conversas telefônicas de pelo menos uma operadora, a Verizon. Em sua defesa, a administração do presidente Barack Obama diz que a coleta é importante para proteger os norte-americanos de possíveis ataques terroristas.

A história estourou porque o jornal The Guardian divulgou uma ordem judicial que obriga a operadora a repassar os dados de todas as ligações feitas em território americano da Verizon, bem como ligações internacionais. Os dados coletados, segundo um funcionário de alto escalão, se resumiriam a úmeros de telefones e duração de chamada, mas segundo o jornal a NSA coleta também outros dados como horário da ligação, mas não deixou claro se coletam também registros vocais das ligações.

Eu digo incomum porque raramente o governo admite que o faz mesmo pego com as calças curtas assim, já que monitora as ligações de todo mundo desde sempre. O lance é que não existe um escritório gigantesco com pessoas ouvindo cada conversa dos americanos, é tudo automatizado, usando um recurso não muito eficiente de palavras-chave.

Não dá para saber entretanto se a ordem é um caso isolado, mas dada a paranoia que os Estados Unidos vivem hoje desconfiando até de parceiros de negócios como a China, é provável que isso seja lugar comum. Tal fato reacende polêmica sobre até onde vai a privacidade do cidadão, mas em se tratando dos americanos é algo que muda de tempos em tempos. Na época do 11 de setembro a histeria era tanta que dariam até as chaves de casa caso o Bush pedisse, então...

Segundo a NBC, o Departamento de Justiça poderia iniciar uma investigação acerca do vazamento. Sinceramente eu não creio que vão fazê-la.

Fonte: Mashable.

relacionados


Comentários