Meio Bit » Baú » Indústria » OLPC sendo vítima de golpe nigeriano

OLPC sendo vítima de golpe nigeriano

03/12/2007 às 15:08

O Notebook de 100 Euros, menina dos olhos de Nicholas Negroponte, ou Stallman 2.0, começou a atrair a atenção do pessoal atrás de uma grana fácil. Isso pode significar a Intel, vendendo seu Classmate, seja da Microsoft, com seu Windows/Office de US$3,00, ou seja gente mais gananciosa e implacável que as diretorias das duas empresas juntas.

Uma empresa nigeriana, com sede nos EUA entrou com uma ação contra o consórcio do OLPC alegando violação de patentes na parte do teclado do bichinho. Ade Oyegbola, o dono/fundador da tal empresa diz que o pessoal do OLPC fez engenharia reversa nos seus teclados, para adaptar o verdinho ao estranho alfabeto nigeriano, cheio de acentos esquisitos. Que, imagino eu, não deve diferir muito do português.

A alegação é ridícula, ainda mais com algo tão simples de verificar, afinal o software do OLPC é open source. Mr Oyegbola, descobriu-se, tem uma certa história, tendo sido condenado a um ano de prisão em Boston, em 1990, por fraude bancária.

Como um cara desses tem (ou diz ter) uma patente envolvendo teclados de computador, eu não sei, mas de tudo de ruim que se fala do OLPC, colocar "ladrão de patentes" na lista seria injusto. Ao menos nessa o Negroponte está limpo.

Imagem do picareta acima retirada do site 419Eater.com. Não é o Mr Oyegbola, mas representa igualmente a filosofia golpista que destruiu a imagem de Nigéria para o resto do mundo e principalmente, para a Internet.

Fonte: Slashdot

relacionados


Comentários