Meio Bit » Baú » Hardware » Que tal usar Fusão Nuclear para fazer café?

Que tal usar Fusão Nuclear para fazer café?

Que tal um cafezinho? Já pensou em fazer um sem gás, eletricidade ou mesmo fogo, usando apenas fusão nuclear?

31/05/2013 às 18:31

ICBC_do_Cafe1

OK, o SunRocket não é diretamente movido a fusão, mas utiliza o subproduto direto dela, fótons. Mais precisamente, luz solar. Por outro lado é um dos raros produtos “ecológicos” que realmente funciona e faz sentido ser adquirido.

Energia solar não é novidade, mas ainda está longe de ser viável em larga escala. Primeiro, o custo de produção das células fotovoltaicas é muito alto, ecologicamente falando. A vida útil não é muito longa e ainda há o problema de armazenar a energia para uso durante a noite e tempo nublado. Já equipamentos de AQUECIMENTO solar fazem muito mais sentido. Um boiler solar em um país como o Brasil se paga em menos de um ano, se você adorar banho quente.

No caso do SunRocket ele é uma versão pequena de um aquecedor. Uma garrafa térmica de meio-litro de capacidade é enchida de água. Você posiciona o bicho no chão, ao ar livre, abre os dois painéis de alumínio polido e deixa que a energia do Sol seja concentrada no cilindro.

Em meia-hora a água está fervendo e você pode fazer seu café, seu chá ou beber água quente esterilizada, algo muito bem-vindo no meio da selva. Não é preciso fazer fogo nem nada. E como o negócio é uma garrafa térmica, a água permanecerá quentinha por horas a fio.

O SunRocket custa US$60 na Amazon. Quem curte acampamento ou quer se preparar para o apocalipse zumbi, é uma ótima opção.

“Ah, mas se isso é tão legal como essa tecnologia não é mais usada?”

Simples, gafanhoto. Não dá dinheiro. Existem diversos projetos como este:

O sujeito ensina como o pessoal na África pode fabricar um forno solar para cozinhar, sem necessidade de ficar cortando lenha, destruindo florestas e gastando energia. Em regiões sem eletricidade e muito menos gás, um forno desses é excelente.

O problema é que se constrói um com uma parabólica velha e US$5,00 de material. Não dá pra ninguém lucrar intermediando o projeto. Não é um açude, uma Bolsa-Microondas, um esquema de distribuição de lenha reciclada ou uma planta de produção de Metano onde um monte de gente fatura por fora. Então, as boas idéias, mesmo baratas e eficientes, ficam restritas a quem tem acesso à Amazon mesmo.

relacionados


Comentários