Meio Bit » Baú » Internet » Uóooooooo uiii uiii uiii zummmmmm

Uóooooooo uiii uiii uiii zummmmmm

26/11/2007 às 12:06

Reconheceu o handshake das conexões de linha discada?

Pois é, mas o que nos traz recordações entre o saudosismo e o masoquismo é realidade para um número cada vez maior de brasileiros.

Enquanto os partidários do OLPC acham que a conexão de banda larga virá por obra de Jesus, Buda, Hugo Chavez ou outra figura messiânica, na vida real links ainda são caros e raros.

O lado bom da inclusão digital é que as classes C e D estão invadindo em massa o mundo da informática, com vendas de computadores no varejo crescendo 23%, com queda de preço na faixa de 15%.

O outro lado, que não é bom nem ruim, apenas é, é que esse pessoal não tem grana pra pagar por banda larga, ficando restritos ao acesso discado. Mesmo assim é uma excelente notícia, afinal 15 anos atrás uma linha telefônica chegou a custar US$10 mil em algumas áreas do Rio de Janeiro, sem garantia de instalação.

Hoje não há mais o fantasma do "Plano de Expansão". Quem viveu, sabe.

O acesso discado, segundo dados do IG, cresceu em 2007 35% no Estado de São Paulo, e 39% no Nordeste. Mais e mais gente se conectando, do jeito que pode.

Quem sofre com esse efeito são os criadores de sites e marketeiros que assumem banda larga de alta capacidade como norma. Já vi "hotsites" (odeio essa expressão) lindos mas inviáveis mesmo para links de 1MB. Que dirá discados.

Muito provavelmente vamos enfrentar uma volta ao tempo em que era preciso ser criativo com idéias, não com dinheiro e produção. Para quem escreve, ótimo, é uma revalorização do texto, que vinha perdendo espaço para o design, o Flash e coisas girando e piscando.

Aos criadores, um alerta: Pensem bem, se esse mercado consumidor curioso e carente de novidades é seu público-alvo, adequem seus sites a eles, do contrário eles irão para a concorrência, que carrega bem mais rápido. Nenhuma mega-super-animação em Flash vale esperar 10 minutos de "loading...".

Fonte: ViuIsso?

relacionados


Comentários