Meio Bit » Baú » Games » Versão para iOS de 999: 9 Hours, 9 Persons, 9 Doors não tem puzzles

Versão para iOS de 999: 9 Hours, 9 Persons, 9 Doors não tem puzzles

Versão de 999: 9 Hours, 9 Persons, 9 Doors para iOS perde os puzzles e fica ainda mais parecido com uma visual novel

30/05/2013 às 7:48

999: 9 Hours, 9 Persons, 9 Doors

999: 9 Hours, 9 Persons, 9 Doors é um excelente thriller com puzzles competentes e história eletrizante que fez sucesso no Nintendo DS, e que rendeu uma sequência muito boa, Zero's Escape: Virtue's Last Reward para 3DS e PS Vita.

Ontem um port do game original desembarcou no iOS no Japão, com música e gráficos retrabalhados (o game ficou ainda mais parecido com um mangá, com balões de fala), além de agora ele contar com o recurso de Last Reward onde você não precisa voltar para o começo do game ao terminar um caminho na história.

O único porém é que uma parte crucial do game, os puzzles, foram podados.

A Spike Chunsoft julgou que o importante do game é a história e por isso, excluiu os puzzles e introduziu um sistema de caminhos com escolhas, de modo a torná-lo mais parecido com uma visual novel, que é como o game se define. 999 essencialmente virou um livro-jogo, onde você lia a história e pulava páginas dependendo da ação que você escolhia. É exatamante a mesma coisa.

Eu particularmente não gostei. Os puzzles representavam uma parte importante do game, e adicionavam a sensação de urgência na trama. Transformá-lo em um visual novel chega a descaracterizar o título como um game, apesar de concordar que a história é o ponto forte.

O game custa 1.000 ienes no Japão (cerca de R$ 21) e por enquanto não há previsão de lançamento no ocidente um de uma versão para Android.

Fonte: Joystiq.

relacionados


Comentários