Meio Bit » Baú » Games » Como criar bons jogos

Como criar bons jogos

19/11/2007 às 10:21

Quando joguei o primeiro Half Life em 1999, pensei: Tomara que a empresa que desenvolveu o game tenha vida longa. Hoje a Valve é muito respeitada, mesmo produzindo praticamente apenas para franquia. Para o lançamento da segunda versão do jogo, a empresa decidiu então criar um serviço de distribuição online, chamado de Steam.

No início parecia loucura, mas o serviço fez sucesso e hoje disponibiliza jogos de softwarehouses do calibre da Capcom, THQ e Activision. Embora os games não possuam caixas e manuais impressos, a grande vantagem é não ter que esperar pelo envio dos jogos e no caso de países como o Brasil que não contam com uma política de distribuição de games bem estruturada, facilita e muito a vida do jogador.

Recentemente a Valve lançou o Steam Community, uma rede de relacionamento onde os jogadores podem fazer amigos, criar grupos e saber seus desempenhos nos jogos da empresa. Algo como a Live do Xbox 360. Por falar em estatísticas, a desenvolvedora mantém uma elaborada planilha de dados em seu site. Lá os jogadores podem ver informações sobre os jogos mais jogados online, onde não surpreendentemente o Counter Striker aparece em primeiro. Há ainda uma página que mostra as configurações das máquinas usadas pelos jogadores.

O controle do que os jogadores fazem nos games é tão grande, que a Valve consegue saber qual a dificuldade mais usada e até em quais partes das fases os jogadores mais morreram, sem falar nas armas usadas, ou mapas mais jogados. Portanto fica fácil perceber porque a Valve consegue criar pérolas como o Portal ou o Team Fortress 2.

Pelo jeito a dupla criatividade + conhecimento do que o jogador deseja, é a formula certa para criar bons jogos.

relacionados


Comentários