Meio Bit » Arquivos » Demais assuntos » Metro quadrado da Apple Store rende o dobro da Tiffany. Devem economizar no café.

Metro quadrado da Apple Store rende o dobro da Tiffany. Devem economizar no café.

Quem rende mais por metro quadrado? Uma joalheira ou uma Apple Store? OK, sendo o MeioBit você já sabe a resposta...

27/05/2013 às 15:46

sorryaudrey

Quando a Apple inventou de abrir lojas físicas os especialistas da internet foram contra. Acharam um absurdo, afinal de contas o futuro é a venda online, ninguém mais sairá de casa para comprar produtos que pode escolher do conforto do sofá.

Com o fechamento do último Shopping Center em 2006, e a falência da totalidade das lojas que não aderiram ao ecommerce, ficou provado que estavam certos. Isso no Universo Paralelo #348, claro. No nosso Universo as lojas da Apple se mostraram um sucesso incrível, com direito a dezenas de lojas falsas na China (sim, falsificam lojas inteiras) e inaugurações que são verdadeiros eventos.

A tendência não ficou só com a Apple. Também ignorando os especialistas Microsoft, Samsung, Nokia e outras empresas abriram suas lojas. Para surpresa de todo mundo que acredita em especialistas de internet, as pessoas ainda QUEREM interagir fisicamente com os produtos, querem pegar um Lumia, um MacBook Air, um S4 na mão e sentir o bicho.

Ler specs em um site é legal mas um humano interagindo ainda é mais…. interativo, e um tom simpático afeta sim a decisão de compra.

Como resultado a Apple gerou US$17 milhões por loja no primeiro trimestre de 2013, com mais de 200 mil visitantes no mesmo período, também por loja. A média de dinheiro gasta por visitante é de US$57,60.

Isso faz com que a Apple seja de longe a loja com mais retorno por área construída. Uma média de US$6.050,00 por pé quadrado. (não, não vou converter). O segundo lugar é nada menos que a Tiffany, com US$3.017,00 por pé quadrado. Quando uma loja de eletrônicos rende mais que uma joalheria, algo você está fazendo certo.

Esse resultado é bom para mostrar que nem tudo é modernidade e nem sempre é estrategicamente interessante abandonar os velhos meios; Modernidade pela modernidade faz tão pouco sentido quanto se prender ao passado por medo do futuro.

Fonte: AA

relacionados


Comentários