Meio Bit » Baú » Games » Activision e sua controversa política de preços no Steam Br

Activision e sua controversa política de preços no Steam Br

Activision muda política de preços praticados no Steam Brasil e jogos passam a custar o mesmo que versões em consoles

27/05/2013 às 9:45

Activision diz: SHOW ME THE MONEY!

Desde quando o Steam passou a cobrar preços em reais havia um temor de que as distribuidoras passassem a cobrar valores maiores por seus títulos. Há muito tempo convencionou-se que os valores de jogos para PC no Brasil permanecessem na casa dos 100 reais, e a plataforma de Gabe Newell seguiu essa política informal, com as produtoras cobrando preços até bem abaixo disso, já que games para computador são considerados "programas" e, com isso, lançamentos são muito comumente oferecidos entre R$ 80 e R$ 100. Resident Evil Revelations, por exemplo, custa R$ 89,99 e Metro: Last Light, R$ 84,99.

Porém a Activision sempre cobrou um preço superior por seus jogos. CoD: Black Ops II custa R$ 109,99. Modern Warfare 3, mesmo sendo um game de quase dois anos, ainda sai por R$ 99,99 (se bem que Skyrim tendo permanecido por R$ 119,99 por um bom tempo, mas hoje ele custa R$ 59,99). E agora parece que a empresa resolveu cobrar o mesmo que costuma praticar nas versões de consoles. Na semana passada o game do mercenário tagarela e herói favorito do Cardoso, Deadpool, entrou em pré-venda no Steam, e qual não foi a surpresa ao constatar que ele recebeu a etiqueta virtual de R$ 179,99?

Caro pra dedéu

A princípio todo mundo achou que fosse um erro, pois a versão da loja com preços em dólar - através deste link aqui - mostra que o game custa US$ 59,99 US$ 40 Porém outro game da companhia: Fast & Furious: Showdown, lançado esta semana, custa R$ 159,99.

Não satisfeito, um usuário do Twitter questionou a empresa, na esperança de que fosse um erro. A resposta: "os preços (dos jogos) podem e irão variar dependendo do sistema e região".

gogoni-activision

Muito provavelmente a Activision não vai voltar atrás nessa decisão, dado o histórico dos últimos anos em fazer de tudo para arrancar dinheiro dos jogadores, inclusive ordenhando franquias até secarem. Guitar Hero foi vítima disso. O maior temor é que esses games vendam o suficiente para atrair o interesse de outras desenvolvedoras e aí, uma das maiores vantagens que games de PCs tem sobre os de consoles no Brasil, o preço, estará ameaçada.

Update: Pequena correção no preço do Deadpool, que nos EUA está sendo vendido por US$ 40.

Leia mais sobre: , , , , , .

relacionados


Comentários