Meio Bit » Baú » Indústria » Nova propaganda da Microsoft usa a Siri para declarar vencedor um tablet da Asus

Nova propaganda da Microsoft usa a Siri para declarar vencedor um tablet da Asus

Em novo comercial, a Microsoft usa a Siri para dizer que as tablets Windows 8 são a melhor alternativa aos iPads e ignora crescimento do Android.

23/05/2013 às 13:55

Nada como usar a força do inimigo contra ele mesmo, como já dizia A Arte da Guerra: a Microsoft parece adorar reviver os melhores dias da famosa campanha publicitária da Apple “Get a Mac”, que ficou mais conhecida como “I'm a Mac / I'm a PC”, para promover o Windows (Phone) 8.

http://youtu.be/86JMcy5OqZA

No vídeo acima, entitulado “Less talking, more doing” e bastante semelhante ao belo comercial musical do iPad mini no evento da Apple, ouvimos a Siri se desculpando pelas limitações de um iPad que está ao lado do tablet Windows 8 da Asus, o VivoTab Smart. Para complementar a campanha, os dois tablets também ganharam uma bela tabela comparativa feita pela própria Microsoft.

O interessante dessa nova peça publicitária é ver a Microsoft colocando os tablets Windows 8 como rivais naturais aos iPads, desconsiderando totalmente os aparelhos Android que ao menos foram ilustres figurantes naquela briga no casamento promovida pela Nokia: embora os tablets Android tenham tido um belo crescimento nas vendas, a fabricante líder entre os tablets ainda continua sendo a Apple, com pouco menos de 40% das vendas no 1º trimestre de 2013.

Entre janeiro e março do presente ano, podemos notar que o iOS deixou de ser líder como sistema operativo em tablets, cedendo o 1º lugar conquistado ainda em 2010 para a infinidade de pranchetas eletrônicas com Android, um mercado em crescimento que a Microsoft não deveria ignorar. E é sempre bom lembrar que, mesmo o Windows Phone 8 contando com aparelhos fantásticos como o Lumia 928, no lado tablet da coisa, a Microsoft possui apenas 7,4% do mercado.

O tio Laguna acha que a Microsoft deveria ter cutucado algum tablet Android também, mas provavelmente a Big M não iria querer comprar briga com as coreanas ou mesmo fazer propaganda gratuita da Sony, sua concorrente nos videogames.

[Fonte: NDTV Gadgets.]

relacionados


Comentários