Meio Bit » Baú » Indústria » OpenSocial: a convergência das redes sociais

OpenSocial: a convergência das redes sociais

01/11/2007 às 23:36

Confirmou-se o esperado: a Google resolveu tirar a pedra do sapato, partindo com força total para cima do Facebook. A gigante de Mountain View anunciou o OpenSocial, uma API sigilosa aberta que viabilizará o desenvolvimento de aplicações para qualquer rede social que adote o padrão definido por ela. Desde a fase embrionária do projeto já haviam várias redes envolvidas, trabalhando sileciosamente para especificar um padrão que pudesse integrar o complexo mapa social de milhões de usuários. Inicialmente, LinkedIn, Ning, Hi5, Plaxo, Friendster, Oracle, Viadeo, SalesForce e Orkut (claro!) se prontificaram a colaborar e adotar o padrão. A adesão ao OpenSocial já era significativa, mas hoje ganhou uma outra proporção com o ingresso de outros apoiadores como MySpace, Bebo, Engage.com, RockYou, Hyves, imeem, Tianji, XING e SixApart (do Moveable Type, do TypePad e do LiveJournal). A lista de apoiadores do projeto deve crescer ainda mais nas próximas semanas.

Google OpenSocial

O OpenSocial trará funções de acesso aos dados dos perfis dos usuários, incluindo seus relacionamentos e suas atividades. Até aí nenhuma diferença da API fornecida pelo Facebook, certo? Errado. O Facebook possui uma linguagem própria chamada FBML, enquanto o OpenSocial é baseado em HTML convencional e JavaScript. O principal benefício da abordagem da Google será o de aproveitar a familiaridade que os desenvolvedores possuem com os padrões atuais da Internet. Ponto para o OpenSocial. Os primeiros screenshots de aplicações desenvolvidas usando o OpenSocial já começaram a surgir, como os exemplos abaixo:

iLike no Orkut

iLike no Orkut

Netflix no MySpace

Flixster no MySpace (aplicação criada em 1 dia)

A Google trabalhou sorrateira e rapidamente para elaborar o plano anti-Facebook que originou o OpenSocial. Será que a Google esqueceu o slogan "Don't be evil"? Apesar do golpe abaixo da cintura, acredito o OpenSocial não é suficiente para derrubar o Facebook, que já se movimenta para conhecer a API secreta aberta do OpenSocial. É provável que o Facebook adote o padrão da Google, enquanto mantém paralelamente a sua API proprietária para reduzir os riscos da dependência externa. Pelo visto na briga pela audiência das redes sociais vale tudo, inclusive dedo no olho!

P.S.: A especificação do OpenSocial deve ser publicada na próxima semana está disponível em http://code.google.com/apis/opensocial.

Fonte: TechCrunch.

relacionados


Comentários