Meio Bit » Arquivos » Games » GungHo ensina a como ganhar dinheiro com um jogo para iOS

GungHo ensina a como ganhar dinheiro com um jogo para iOS

Empresa japonesa encontra sua galinha dos ovos de ouro, um jogo para iOS que lhe rendeu cerca de US$ 3,75 milhões por dia durante o mês de abril.

14/05/2013 às 16:00

puzzle-and-dragons_14.05.13

De vez em quando a indústria de games nos apresenta alguns casos de sucesso que são difíceis de explicar e o último deles é a GungHo Entertainment, empresa japonesa que divulgou um relatório financeiro e o desempenho é digno de deixar muitos morrendo de inveja.

Por mais difícil que seja acreditar, só durante o mês de abril a companhia faturou algo em torno de US$ 118 milhões, um aumento de 1,142% em relação ao mesmo mês do ano passado e se levarmos em consideração o último trimestre, o faturamento bateu a casa de US$ 304 milhões, “apenas” 800% a mais do que o mesmo período de 2012.

Mas o que teria sido responsável por um crescimento tão impressionante, você pergunta? Pois a resposta seria um jogo chamado Puzzle & Dragons. Lançado no Japão para os dispositivos IOS (por aqui também há uma versão para Android), o título já conquistou 13 milhões de jogadores e somente em abril rendeu aos cofres da empresa cerca de US$ 113 milhões, o que significa que a cada dia ele gera US$ 3,75 milhões.

Isso fez com que o valor de mercado da GungHo Entertainment atingisse valores absurdos, girando em torno de US$ 15 bilhões, o que a coloca um pouco acima da Nintendo e logo atrás da Activision, que valeria US$ 16,7 bilhões e caso você não conheça a companhia, foram eles que recentemente compraram Grasshopper Manufacture, estúdio fundado por Goichi “Suda51”, além de serem os proprietários da Gravity Co., da Acquire e de várias outras desenvolvedoras.

Diante de tamanho sucesso, a editora confirmou que o ocidente ganhará uma versão para 3DS do Puzzle & Dragons e embora pelo jeito o título não faça tanto sucesso por aqui como na Terra do Sol Nascente, estou curioso para ver onde essa febre irá parar.

[via GamesIndustry e Siliconera]

relacionados


Comentários