Meio Bit » Baú » Internet » Puxaram a tomada da internet da Síria. De novo [UPDATE]

Puxaram a tomada da internet da Síria. De novo [UPDATE]

Blecaute: afundada numa guerra civil, Síria enfrenta novo apagão de internet, telefonia fixa e celular.

08/05/2013 às 10:00

Gráfico do Google mostra a queda no tráfego de todos os seus serviços na Síria

Segundo informes de diversos serviços de monitoramento da internet, a Síria teve o acesso à rede completamente cortado, a primeira do ano desde o último apagão de dois dias em novembro de 2012. Não obstante, linhas fixas e de celular foram derrubadas nesta manhã.

Como era de se esperar, as informações acerca do que realmente aconteceu estão completamente desencontradas. Novamente o governo sírio culpa os "terroristas". Da última vez, tanto o regime quanto os rebeldes se acusaram mutuamente acerca da responsabilidade pela queda do serviço.

Akamai também reporta a queda brusca

Em nota divulgada esta manhã, o governo sírio informou que "uma falha do sistema de fibra ótica do país" foi a causa do blecaute e está trabalhando para restabelecer a conexão (até porque pega mal pacas), mas rebeldes acusam que o regime do ditador Bashar al-Assad está tentando "silenciar as comunicações de dissidentes".

Este vídeo postado pela Cloudflare mostra a queda dos protocolos BGP, um atrás do outro:

[vimeo 65685583 w=500 h=315]

Syria from CloudFlare on Vimeo.

Cortar a internet está virando moda entre regimes ditatoriais: ocorreu o mesmo no Egito, Argélia e Líbia, e essa jogada não tem dado muito certo. Não quando temos um grupo como o Telecomix, que já está trabalhando há tempos na Síria para manter as comunicações dos rebeldes. Eles criam conexões dial-up e passam tutoriais à população de como compartilhar suas redes Wi-Fi e restabelecer o contato com a internet. Algumas boas histórias deles podem ser conferidas aqui.

Através do Twitter, eles informam que o exército tem intensificado sua ação nos últimos dias, e estaria "massacrando vilas inteiras". Já um membro postou números para acesso à rede discada que podem ser usados.

Procurados para comentar o assunto, o embaixador da Síria nos Estados Unidos e o enviado do país à ONU não puderam ser localizados.

UPDATE às 15:15 - pelo visto a situação da internet na Síria já está sendo normalizada.

Fontes: Ars Technica, AllThingsD e BBC.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários