Meio Bit » Baú » Mobile » Cientista "espião" é preso por levar laptop da NASA para a China lotado de pr0n

Cientista "espião" é preso por levar laptop da NASA para a China lotado de pr0n

Pesquisadr da NASA preso pro suspeita de espionagem tinha apenas filmes pr0n no notebook.

03/05/2013 às 11:28

pr0n

Quando você é recrutado por uma grande empresa e ela te fornece equipamento de uso como notebooks, é óbvio que há regras a serem cumpridas, e muitas organizações rastreiam os mesmos 24/7 e avisam os responsáveis por qualquer uso mal intencionado, como acessar sites não permitidos ou coisa que o valha. Para se ter uma ideia os notes fornecidos pela IBM disparam um e-mail para o RH, o gerente e o setor de segurança se o usuário ousar espetar um pendrive nele.

Claro, há algumas empresas mais flexíveis, mas o pesquisador do Centro de Pesquisa Langley da NASA Bo Jiang abusou da sorte: ele recebeu um notebook para trabalho, mas decidiu que não pegava nada levá-lo de volta a China.

Estava mortalmente errado: ele foi preso durante o voo, sob suspeita de espionagem. O FBI, que já o vinha investigando há tempos (ele fez falsas declarações mais de uma vez acerca de sua bagagem), acreditava que ele venderia informações sensíveis para o governo chinês. Porém ao ter o notebook vasculhado, não encontraram nada suspeito, mas algo mais suculento: uma grande quantidade de filmes normais e pr0n baixados ilegalmente. 🙂

Usar a máquina de trabalho para baixar pr0n já é questionável, agora quando você trabalha para um órgão do governo norte-americano, governo esse que está numa paranoia nível 99 com a China (isso porque são parceiros) e acha que está tudo bem levar o notebook para casa só não é pior do que o próprio FBI imaginar que ele não poderia passar os dados pela internet, tendo que se deslocar meio mundo para isso.

Agora Jiang, além do processo por declarações falsas, responderá por infração às leis de copyright. Da próxima vez, se ele ainda conseguir emprego ele vai pensar mil vezes antes de baixar um pr0n, ou vai passar a assistir via streaming do Xvideos.

Fonte: Bloomberg.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários