Meio Bit » Baú » Games » Estudo diz que FPSs ajudam a melhorar a memória

Estudo diz que FPSs ajudam a melhorar a memória

Após realizar estudo, pesquisadora sugere que jogos de tiro em primeira pessoa ajudam a melhorar a memória de curta duração.

03/05/2013 às 8:30

playing_30.04.13

Se um estudo conduzido pela Dra. Lorenza Colzato na Universidade de Leiden, na Holanda, estiver correto, as pessoas que acusam os jogos de tiro em primeira pessoa de serem formadores de assassinos deveriam parar de procurar chifre em cabeça de cavalo e passar a olhar para os benefícios que eles podem trazer aos jogadores, como ajudar a ter uma memória melhor.

Publicada no Psychological Research, a pesquisa usou jogadores e não-jogadores como cobaias e constatou que os FPSs “exigem que os pessoas desenvolvam uma mentalidade flexível para reagir rapidamente e monitorar tanto os movimentos visuais quanto os estímulos sonoros.

A pesquisadora explicou que esse tipo de jogo parece ter um maior efeito na memória de curta duração, aquela responsável pela percepção consciente e pelo processamento linguístico e disse ainda acreditar que “jogar videogames é a maneira mais fácil das pessoas melhorarem a memória, já que essas experiências possibilitam que o cérebro se torne mais flexível ao atualizar e organizar informações.

Este é portanto mais um daqueles casos em que um estudo tenta provar que os jogos eletrônicos podem servir para ajudar pacientes com certas dificuldades e/ou tornar as pessoas melhores, algo que talvez nunca seja comprovado, mas que ajudam a diminuir a péssima imagem que a mídia possui perante alguns críticos.

Eu até iria fazer um comentário mais aprofundado sobre o assunto, mas como não tenho jogado muitos FPSs ultimamente, acabei esquecendo o que iria falar, desculpe.

[via Science Daily]

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários