Meio Bit » Baú » Games » Wii U não terá Madden NFL 25 e situação do console só piora

Wii U não terá Madden NFL 25 e situação do console só piora

Novo videogame da Nintendo não terá versão do Madden NFL 25 e situação começa a ficar preocupante.

02/05/2013 às 10:00

madden-nfl-25_02.05.13

Dizer que o Wii U não receberá uma versão de um determinado jogo está se tornando algo irritantemente cada vez mais comum e depois da Activision não mencionar o Call of Duty: Ghosts para o console, a ausência de outra franquia de peso deverá ser sentida por aqueles que investiram no novo videogame da Nintendo.

De acordo com um representante da EA Sports ouvido pelo site Nintendo World Report, a vítima da vez será a série Madden NFL, popular jogo de futebol americano que sempre figura entre os títulos mais vendidos nos Estados Unidos.

Nós não lançaremos uma versão do Madden NFL em 2013,” disse a pessoa ligada à desenvolvedora. “Contudo, temos uma forte parceria com a Nintendo e continuaremos avaliando oportunidades para entregar produtos adicionais do Madden NFL aos fãs da Nintendo no futuro.

Como a edição 2013 do jogo apareceu no Wii U, tal decisão me leva a crer que as vendas estiveram muito abaixo daquilo que a EA esperava e depois de mais de 20 anos lançando uma versão da franquia para pelo menos um videogame da Nintendo, esta será a primeira vez que isso não acontecerá, já que o 3DS também não receberá o Madden NFL 25 (não estranhe, o nome é uma homenagem ao 25º aniversário da marca).

E demonstrando que a situação do console é bastante preocupante, a Nintendo começou a enviar mensagens para os proprietários de um Wii para tentar esclarecer alguns pontos e claro, aumentar as vendas, onde fala sobre o seu sucessor e no trecho mais constrangedor ela diz que o Wii U não é um upgrade e sim um novo sistema que mudará a maneira como nós experimentaremos os jogos e outras formas de entretenimento.

Pelo jeito só agora eles perceberam que utilizar um nome tão parecido não era uma boa ideia e que manter um hardware tecnicamente inferior ao da concorrência afastaria as desenvolvedoras, que só voltarão a se interessar quando os consumidores comprarem o console, mas se a oferta de jogos é pequena, porque faríamos isso?

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários