Meio Bit » Arquivos » Demais assuntos » Virgin aciona com sucesso motor da VSS Enterprise

Virgin aciona com sucesso motor da VSS Enterprise

VSS Enterprise perdendo a virgindade: vejam como foi lindo o primeiro (e bem sucedido) voo supersônico independente da nave-mãe White Knight Two.

30/04/2013 às 10:27

vssenterprise

Para alegria dos trekkers e desespero dos lacaios de George Lucas a Virgin Galactic continua com seu projeto de criar naves espaciais reutilizáveis que cheguem ao limiar do espaço, levando passageiros, turistas e cientistas aonde pouquíssima gente jamais esteve.

Contando com os abissais bolsos de Tony Stark Richard Branson como fonte de financiamento, a empresa não tem pressa. Querem fazer tudo direito, sem correrias e explosões tão comuns a programas espaciais incompetentes.

Algumas semanas atrás eles testaram a VSS Enterprise em vôo planado, depois com o motor ejetando N20, sem iniciar combustão. Agora pela primeira vez ligaram o bicho pra valer.

Levada a uma altitude de 47 mil pés por sua nave-mãe, o avião White Knight Two, a Enterprise foi solta, caindo com estilo planando por alguns momentos, para em seguida acionar o motor-foguete. O teste só durou 16 segundos, o suficiente para acelerar a nave a Mach 1,2; quebrar a barreira do som e atingir 55 mil pés de altitude.

Farão mais alguns testes semelhantes, depois mirarão para o espaço, na casa dos 100 mil pés, e até o final de 2013 iniciarão operações de rotina. Se é que um vôo que custa US$ 200 mil por passageiro pode ser chamado assim. Espero que sirvam mais que barrinhas de cereal.

Aqui o vídeo do teste. Assista em FullHD, é lindo.

relacionados


Comentários