Meio Bit » Arquivos » Games » Greenheart Games e sua mensagem contra a pirataria

Greenheart Games e sua mensagem contra a pirataria

Estúdio cria jogo onde controlamos uma empresa de desenvolvimento de games e encontra maneira interessante de alertar sobre a pirataria.

29/04/2013 às 13:00

game-dev-tycoon_29.04.13

Todos nós sabemos que as travas colocadas nos jogos ou as muitas reclamações por parte dos estúdios pouco (ou nada) resolvem o problema da pirataria, mas vez ou outra alguma empresa surge com uma atitude que chama a atenção e podemos dizer que a Greenheart Games foi uma delas.

Recentemente eles lançaram o Game Dev Tycoon, jogo para PC e Mac que como o nome sugere, nos coloca no controle de uma empresa que cria jogos. O detalhe é que logo após começarem a vender o título através de sua loja virtual eles disponibilizaram uma versão pirata em sites de torrents, mas apesar dela ser praticamente idêntica a original, há um aspecto que tenta educar os jogadores sobre os problemas que as cópias ilegais podem causar.

Acontece que ao encarar a campanha, em determinado momento o jogador receberá um aviso de um dos funcionários do seu estúdio virtual falando que os negócios estão indo muito mal, adivinha porque? Sim, devido a enorme quantidade de cópias ilegais baixadas pelos consumidores.

De acordo com um dos responsáveis pelo Game Dev Tycoon, eles poderiam ter implementado uma medida mais dura contra as versões piratas do jogo, que chegou a representar 93% da base instalada no lançamento, mas esta seria uma ótima oportunidade de colocarem um espelho diante dos prateiros e lhes mostrar a frustração que cópias ilegais podem causar, mesmo que virtualmente.

O mais engraçado nessa história é saber que algumas pessoas que baixaram a versão pirata reclamaram da injustiça de ver sua desenvolvedora estar perto da falência por causa da pirataria ou questionando se adiantaria investir no aperfeiçoamento do DRM, o que a princípio fez com que o criador do jogo risse da ironia, quando na verdade a vontade era de chorar.

Me parece claro que ninguém mudará seu comportamento em relação a baixar ilegalmente um jogo por causa da ideia da Greenheart Games, mas de qualquer forma a mensagem foi passada e se você acha que ficaria bravo ao ver que, por causa das cópias não autorizadas, de nada adiantou as poucas horas dedicada à criação de um sucesso de mentirinha, imagina como se sentiria se visse o fruto do seu trabalho na vida real passando tendo o mesmo destino.

[via CVG]

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários