Meio Bit » Baú » Telecom » Técnicos conseguem recuperar gravação da voz de Graham Bell, que é ouvida pela 1ª vez

Técnicos conseguem recuperar gravação da voz de Graham Bell, que é ouvida pela 1ª vez

Voz de Graham Bell é ouvida pela primeira vez em gravação de 1885 recuperada pelo Instituto Smithsoniano.

25/04/2013 às 12:01

Alexander Graham Bell Alexander Graham Bell, apesar de ser considerado o inventor do telefone (há controvérsias) não deixou nenhuma gravação de sua voz (ao menos não de fácil acesso às gerações futuras), então as pessoas simplesmente não sabiam como ele falava e se ele possuía algum sotaque, já que ele era natural da Escócia e viveu na Inglaterra e Estados Unidos. Nos últimos anos de sua vida ele fixou residência na Ilha Cape Breton, no Canadá, um dos poucos lugares do mundo em que ainda se fala gaélico, e lá é o dialeto principal.

A única pessoa que conheceu Bell ainda viva era sua neta, Dra. Mabel Grosvenor, uma pediatra de Washington. Quando entrevistada em 2004 ela já tinha 99 anos, mas mesmo assim permanecia lúcida. Ela disse que ele falava "como a entrevistadora" - no caso uma britânica que imigrou cedo para o Canadá. Quando a Dra. Mabel faleceu em 2006, o último link com alguém que conheceu a voz Graham Bell se foi, ou assim se pensava.

Entre 1880 e 1886, Bell e seus associados conduziram diversos experimentos para gravação de voz usando os mais díspares materiais — de cera a gesso, passando por papel e vidro —, porém os métodos empregados por ele se perderam no tempo. Os mais de 400 discos e cilindros doados ao Instituto Smithsoniano não são mais do que “registros mudos”, segundo a curadora do Museu de História Natural Carlene Stephens.

Exceto que um físico chamado Carl Haber, do Laboratório Nacional de Berkeley, conseguira recuperar áudios ainda mais antigos, dos anos 1860. Stephens o contatou em 2011 e começaram a decodificar o material, a maior parte bem danificada e por isso, ilegível, usando luz e uma câmera 3D, que permite analisar os sulcos do disco e convertê-lo em áudio digital.

Disco de cera que contém registro da voz de Graham Bell

Detalhe do disco de cera assinado por Graham Bell

Dentre as várias gravações foram identificadas sequências numéricas e citações de Hamlet, mas um disco, datado de 15 de abril de 1885, era especial - ele é assinado por Graham Bell e poderia conter sua voz. Após submetê-lo à técnica, eis o resultado, uma frase nítida em alto e bom som, em que ele diz:

http://www.youtube.com/watch?v=sh49xxg8JTY

"Hear my voice. Alexander Graham Bell."

Os técnicos também identificaram a voz de seu pai, Alexander Melville Bell, em uma gravação de 1881.

É no mínimo arrepiante pensar que uma gravação tão antiga ficado pelo menos 128 anos sem que ninguém pudesse ouví-la, e ainda hoje sua voz soa tão clara. Quem sabe o que mais há nas outras gravações? 🙂

Fonte: Smithsonian Magazine.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários