Meio Bit » Arquivos » Games » Americanos poderão pedir pizza pelo XBox 360

Americanos poderão pedir pizza pelo XBox 360

Agora quem mora nos EUA pode fazer seu pedido na Pizza Hut sem sair do XBox 360.

24/04/2013 às 13:00

pizza-hut_24.04.13

Ah, a tecnologia e sua maravilhosa capacidade de nos permitir viajar no tempo, nos teletransportar ou simplesmente pedir pizza usando apenas nossos videogames. Bom, talvez nem tudo nessa afirmação seja verdadeira – a ainda – mas pelo menos para o norte-americanos essa parte de garantir a comida sem precisar levantar a bunda (posso falar bunda aqui?) do sofá para pegar o telefone já é uma realidade.

A novidade foi anunciada ontem pela Microsoft e pela rede Pizza Hut, e desde então todos aqueles que possuem um XBox 360 poderão baixar um aplicativo que lhes permitirá escolher a pizza que querem comer (ou qualquer dos outros produtos vendidos por eles) usando apenas movimentos que serão reconhecidos pelo Kinect ou mesmo comandos por voz.

O programa ainda permite ao usuário manter suas escolhas salvas para agilizar compras futuras, além de dar a opção de compartilhar pelo Facebook as pizzas que montamos, tudo para deixar a experiência o mais social possível, se é que existe algo de social em não sair diante do videogame nem para encomendar a janta.

De acordo com Larry Hryb, um dos principais nomes por trás da Xbox Live, este é o primeiro aplicativo para o console que permitirá aos usuários comprar bens físicos, mas não podemos esquecer que esta não é a primeira vez que pizzas e games se unem. Em 2005 a SOE disponibilizou uma maneira de pedirmos pizza de dentro do Everquest II e o navegador do PlayStation 3 outrora contou com um atalho para o site da rede Papa John’s.

Só é uma pena coisas assim nunca estarem disponíveis para nós brasileiros e por mais que eu considere a novidade um tanto irrelevante, seria bom tê-la à nossa disposição, nem que fosse só para mostrar para nossos amigos que estão por fora das maravilhas oferecidas pela atual geração de consoles.

[via Polygon.]

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários