Meio Bit » Baú » Games » PhysX demonstra fluidos dinâmicos — em tempo real

PhysX demonstra fluidos dinâmicos — em tempo real

SIGGRAPH 2013: PhysX apresenta fluidos dinâmicos renderizados em tempo real.

24/04/2013 às 6:45

titanic-movie-ship

Como todo mundo que já brincou com sistemas dinâmicos sabem, equações enganosamente simples podem ser a base de fenômenos complexos, mas interação entre os elementos desses sistemas é assustadoramente complexa de computar. Por isso toda simulação em computação gráfica é uma simplificação, mas mesmo isso come CPU a rodo.

Um belo dia um pessoal desenvolveu um chip dedicado para processamento de equações físicas, e a nVidia, que não é boba nem nada, comprou a empresa e integrou a tecnologia PhysX em suas placas de vídeo high-end. O resultado são partículas, tecidos, líquidos, deformações e outros efeitos que ajudam a tornar os jogos mais realistas, mas a coisa não pára por aí.

Os pesquisadores continuam a aprimorar a tecnologia, mas simulação realista de coisas como fogo e água exigem cálculos intensivos e não são possíveis em tempo real, até prova em contrário.

A prova em contrário veio com uma técnica chamada Position Base Dynamics, desenvolvida por matemáticos da PhysX e que será apresentada na SIGGRAPH 2013. O mais lindo não é nem a movimentação do líquido simulado, mas isso estar rodando em tempo real usando apenas uma placa 3D comum.

No final demonstram o efeito em um aquário, que é quebrado para a água vazar. O vidro partindo é resultado de uma técnica criada pelo Dr. Matthias Müller-Fischer, da nVidia Suíça, chamada Real Time Dynamic Fracture. Dá para entender tudo (mentira, não dá) lendo o paper descrevendo a técnica.

Veja a demonstração, também rodando em tempo real:

Depois que a técnica for assimilada pelos programadores que desenvolvem engines como o Unreal, teremos chance de esperar que em mais alguns anos, talvez umas duas ou três gerações de placas gráficas adiante, tenhamos finalmente mundos realmente destruíveis, a grande promessa nunca cumprida dos videogames.

Fonte: PhysX.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários