Meio Bit » Baú » Games » The Drowning, um FPS que tentará ser hardcore no celular

The Drowning, um FPS que tentará ser hardcore no celular

Após sair da DICE, Ben Cousins se arriscará no mundo dos celulares e tentará fazer do The Drowning uma experiência hardcore.

04/04/2013 às 16:00

the-drowning_02.04.13

Durante muito tempo Ben Cousins esteve envolvido na criação da série Battlefield e agora em sua nova desenvolvedora, a DeNA, ele tentará algo que há muito tem sido prometido, mas poucas vezes foi alcançado, lançar um jogo de tiro em primeira pessoa para celulares e que consiga agradar os chamados jogadores hardcore.

Contando em sua equipe com profissionais que trabalharam em títulos de peso como Crysis, Halo e Far Cry, The Drowning deverá ser lançado para dispositivos iOS e promete um mundo pós-apocalíptico que foi devastado por um óleo tóxico com capacidade de transformar os humanos em uma espécie de zumbis.

Segundo Cousins, o motivo deles terem optado por algo assim para os celulares é que a plataforma já está bem servida de jogos casuais e embora a maioria dos jogadores hardcore possuam um smartphone ou tablet, quando se trata de uma experiência mais complexa as opções são escassas.

Para tentar fazer com que a mecânica de jogo exija uma maior habilidade, os tiros serão disparados ao clicarmos com dois dedos na tela, com a mira sendo feita no centro deles e as fases acontecerão em arenas, onde teremos que matar o maior número de inimigos possíveis dentro de dois minutos para obter um placar mais alto e os pontos obtidos poderão ser convertidos em tempo para vasculharmos os estágios em busca de upgrades.

Distribuído gratuitamente, o estúdio garante que as microtransações não darão vantagens desleais a quem resolver gastar dinheiro no game, nos permitindo por exemplo comprar sinalizadores que servirão para manter os inimigos afastados e ganharmos uma rodada adicional para buscas ou consertar armas que tenham sido danificadas.

Eu sinceramente não estou colocando muita fé no The Drowning, mas espero estar enganado e que Cousins e sua turma obtenham sucesso.

[via Polygon]

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários