Meio Bit » Baú » Games » Acharam a caixa de Pandora

Acharam a caixa de Pandora

24/08/2007 às 14:26

Na verdade não é bem a caixa e sim uma bateria. Não está entendo? Eu explico. Todas as pessoas que compraram um PSP e resolveram desbloquear ele por conta própria, após ler um pouco sobre o assunto souberam dos riscos de se perder o aparelho. Como a destrava do portátil é feita através da instalação de um firmware modificado e este é salvo na memória flash, há o risco do processo dar errado e o resultado é transformar o PSP em um mero peso de papel (o que o pessoal chama de "brickar").

Bom, se você tem um PSP guardado em algum canto porque fez besteira (quem mandou tentar destravar, viu?), pode ser que algumas pessoas tenham arrumado uma solução pro seu tijolo portátil. Foi anunciado que um grupo de hackers conhecidos como N00bz criou um software capaz de transformar uma bateria comum de PSP em um objeto brilhantemente chamado de Bateria de Pandora capaz de "desbrickar" o portátil.

O programa faz com que a bateria dê uma descarga elétrica na memória flash a resetando, isso feito, basta passar o novo firmware para um memory stick e fazer a instalação, ressucitando assim o portátil. Segundo o grupo, com este procedimento também é possível destravar qualquer PSP, inclusive os com firmware versão 3.52.

O grupo diz que a bateria é o resultado de anos de pesquisas no anonimato e era conhecida pelos participantes como Projeto Prometheus. Alguns dos nomes mais importantes do cenário underground do PSP participaram como: Adrahil, Booster, Cswindle, Dark_AleX, Ditlew, Fanjita, Joek2100, Jim, Mathieulh, Nem, Psp250, Skylark e TyRaNiD. Caso não conheça nenhum deles, basta dizer que se trata de uma espécie de dreamteam sobre o assunto.

Eles dizem ter usado engenharia reversa para desenvolver o programa e que o seu lançamento deveria ocorrer junto com o lançamento da nova versão do PSP, porém de alguma forma o software vazou e como algumas pessoas estavam ganhando dinheiro com a invenção (cerca de US$ 1500 por uma bateria), eles decidiram liberar logo para o público.

Vale mencionar que ao realizar o procedimento a bateria será inutilizada, servindo apenas para "desbrickar" outros PSPs.

[via PSP Fanboy]

relacionados


Comentários