Meio Bit » Baú » Hardware » Perca peso agora, pergunte ao robô como

Perca peso agora, pergunte ao robô como

20/08/2007 às 10:02

Como ninguém escuta nutricionista (aliás, alguém vai a nutricionista?) e andar com um personal trainer de 25 anos muito parecido com o David Beckham é uma forma boa (demais) de fazer sua esposa se interessar por atividade física, a maioria acaba relaxando.

Assim o pessoal do MIT resolveu criar uma alternativa não-ameaçadora para manter todo mundo em forma: Robôs.

O Media Lab, responsável pelo projeto, é criação do Nicholas Negroponte, antes dele virar o Bono, e ainda é um dos mais avançados centros de pesquisa de tecnologia digital dos EUA, mas mesmo eles pisam na bola de vez em quando.

A idéia é que o sujeito se sentirá mais motivado ao interagir com um robô, do que simplesmente com o software, que acompanhará metas, quantidade de exércicio feita, incentivará e brigará com o "atleta", conforme seus resultados...

Eu acho difícil que um robozinho educado dizendo coisas como "Bom dia, que bom que você voltou, estou pronto para ajudá-lo a atingir suas metas" tenha um efeito realmente eficaz na decisão se um sujeito vai ficar sentado comendo rosquinhas ou vai pra malhação.

Ainda mais quando o robô em questão é esse aqui: (clique na imagem para um vídeo do mesmo)

meiobit-robotrainer.jpg

MIT, vou dar uma dica: Se quiserem fazer um robô que realmente me incentive a praticar atividades aeróbicas, físicas e extenuantes, não precisam reinventar a roda. Há robôs bem conhecidos, familiares a todo fã de ficção científica, que podem ser produzidos em massa, com aceitação imediata.

galactica-babes.jpg

Façam um futuro consumidor feliz, e ao invés da aberração que estão disponibilizando para testes em Boston, produzam os cilônios humanóides número 6, número três ou a número 8. Se fizerem um set promocional, 3 pelo preço de 2, também é uma boa.

Fonte: Cybernet TechNews

relacionados


Comentários