Meio Bit » Baú » Internet » Web 2,0 em todos os cantos (Parte 3)

Web 2,0 em todos os cantos (Parte 3)

18/08/2007 às 21:52


Essa é a terceira e última parte da série "Web 2.0 em todos os cantos". Nas partes 1 e 2 nós vimos vinte serviços desenvolvidos fora dos Estados Unidos que têm atraído a atenção pela sua qualidade e originalidade. Agora, vamos fechar essa lista apresentando mais onze:

21. O Bliin (Holanda) é um mashup baseado no Google Maps que permite o compartilhamento da localização dos usuários em tempo real. Para utilizar o serviço, é necessário ter um receptor GPS com suporte a bluetooth e instalar os aplicativos que enviam a localização para o Bliin. Existem dois módulos: o POCKETbliin para celulares com suporte a JME, e o bliinGPSXS para Mac OS X e Windows.

22. O Weblin (Alemanha) usa avatares para representar usuários que estão navegando pela Web. Quando os usuários se encontram no mesmo site, os seus avatars são exibidos na parte inferior do navegador (Firefox ou IE) e podem participar de um chat. O serviço é gratuito, mas a empresa tem planos para lançar uma moeda virtual, chamada Kala, que dará acesso a acessórios e funcionalidades complementares para os avatars.

23. O Pixrat (Índia) é o Del.icio.us das fotos. Funciona assim: adicione um botão a barra de ferramentas do navegador, acesse uma página que tem a foto que você deseja guardar e clique no botão. Em seguida, selecione a foto e adicione algumas tags para facilitar a busca. Cuidado ao acessar o serviço no trabalho, pois algumas imagens podem ter conteúdo adulto.

24. O Cambrian House (Canadá) é o lar da primeira comunidade de Crownsourcing, onde os membros compartilham suas idéias, buscando apoio intelectual, logístico ou financeiro para novos empreendimentos. As melhores idéias são escolhidas pela comunidade através de votação. No bazar é possível comprar ou vender idéias. Mais de 5.800 idéias já foram submetidas.

25. O Khichdee (Índia) é o Craigslist da Índia: são mais de 2 milhões de anúncios em centenas de categorias (de automóveis a antiguidades). A categoria Matrimonial chama atenção porque os anúncios são classificados por religião ou etnia.

26. O Mobagetown (Japão) é uma rede social móvel com mais de 6 milhões de usuários. Os usuários definem seus avatares e tem acesso a jogos interativos gratuitamente.

27. O Babytree (China) é uma rede social onde os usuários criam páginas para seus filhos, e recebem informações sobre educação infantil.

28. O Vivapets (Portugal) é uma rede social onde os usuários criam páginas para seus animais de estimação, e recebem informações de especialistas sobre os cuidados necessários de acordo com a espécie e raça.

29. O Tangler (Austrália) é uma rede de discussão, ou melhor, um fórum turbinado. O uso do Desktop Notifier, um utilitário disponível para Windows, Linux e Mac, torna a discussão ainda mais interativa.

30. O eDushi (China) é um site onde é possível encontrar informações reais sobre 30 cidades chinesas usando mapas 3D virtuais. A qualidade dos mapas é impressionante! Dê uma olhada no mapa de Hong Kong.

31. O Aprex (Brasil) é um pacote de serviços de apoio a organização e produtividade direcionados para profissionais liberais e pequenas empresas. Atualmente, o Aprex tem três produtos: Escritório Online, Apresentações e Email Marketing. O Escritório Online inclui calendário, contatos, tarefas, disco virtual, bloco de notas, blog e enquetes.

Dos 31 empreendimentos Web 2.0 apresentados nessa série somente um deles é desenvolvido no Brasil: o Aprex. Você acha que algum outro projeto brasileiro deveria constar nessa lista?

relacionados


Comentários