Meio Bit » Baú » Internet » Web 2.0 em todos os cantos (Parte 2)

Web 2.0 em todos os cantos (Parte 2)

17/08/2007 às 23:30



Na primeira parte da série “Web 2.0 em todos os cantos” comentamos dez serviços Web 2.0 desenvolvidos bem longe do Vale do Silício, mas que estão chamando a atenção da mídia (vide Business 2.0), do público e dos investidores por serem idéias inovadoras. Nessa segunda (e penúltima) parte comentamos mais dez deles:

11. O Sky-Click (Suiça) é um serviço baseado no Skype que permite que pequenas empresas criem seus Serviços de Atendimento a Clientes sem os elevados custos de infra-estrutura. O processo é bem simples. Primeiramente, é necessário registrar uma conta com os respectivos atendentes (eles cobram uma mensalidade de US$ 10.00 por cada um). Em seguida, é preciso adicionar um botão no site para que os clientes possam solicitar o atendimento via Skype. O Sky-click administra a fila de solicitações, integrando-se ao Skype através de um plugin. Também há um módulo de integração com o Salesforce.com para os usuários desse serviço de CRM.

12. O Stardoll (Suécia) foi desenvolvido para garotas de 7 a 17 anos de idade. As usuárias podem brincar de vestir celebridades como Adriana Lima e Gisele Bündchen, gastando seus Stardollars na compra de acessórios virtuais no StarPlaza. A conversão de moeda real para Stardollars pode ser feita através do cartão de crédito ou PayPal. É um modelo de negócio muito parecido com o do Second Life, mas direcionado para um público diferente.

13. O burrp! (Índia) permite compartilhar a opinião dos usuários sobre restaurantes e bares das cidades indianas. O site é útil se você precisa saber onde comer uma boa pizza em Mumbai.

14. O OhMyNews (Coréia do Sul) é um jornal online construído com a participação dos usuários que submetem notícias e comentários. Aproximadamente, 80% do conteúdo do jornal é gerado pelos próprios usuários, e somente o restante é produzido por uma equipe de 55 pessoas contratadas. A influência do site na Coréia do Sul é impressionante, inclusive acredita-se que o OhMyNews teve participação decisiva nas eleições presidenciais de 2002. Se seu coreano estiver enferrujado como o meu, dê uma olhada na versão em inglês do site.

15. O Keotag (Nova Caledónia) é uma ferramenta que agrega os resultados das buscas por tags em 18 sites diferentes: Technorati, Blinklist, del.icio.us, Furl, Google, IceRocket, BlogDigger, Live Search, Bluedot, Newsvine, BlogPulse, Feedster, Bloglines, Digg, reddit, My Web Yahoo!, Wikio e Twitter. Gostei o recurso que permite gerar o OPML para os resultados.

16. O YoYo Games (Inglaterra) oferece diversos recursos para a criação de jogos. Vale a pena conhecer o GameMaker 7.0, uma ferramenta para desenvolvimento de jogos sem programação! Além dos clássicos jogos de labirinto o ambiente permite criar jogos com efeitos 3D.

17. O Spreadshirt (Alemanha) tem um modelo de negócios bastante interessante! Através dele é possível criar lojas virtuais para vender camisetas com design personalizado. O Spreadshirt se encarrega do resto: processamento dos pagamentos, produção, entrega e serviço pós-venda!

18. O Trendio (Suécia) é uma bolsa de valores para palavras. O valor das palavras é calculado pela frequência de ocorrências nas notícias. Dessa forma é possível perceber as tendências na mídia e tentar prever o que será manchete amanhã. Clique aqui e veja as palavras de tecnologia que estão mais valorizadas no momento.

19. O eSnips (Israel) é um site de compartilhamento de conteúdo que oferece gratuitamente 5GB de espaço para arquivos. Se você usa Windows instale o eSnips Uploader, um plugin para Internet Explorer e/ou Firefox que facilita o envio de arquivos.

20. O Africator (África do Sul) é um agregador de conteúdo feito especialmente para membros da comunidade digital do continente africano (Afrosfera). A qualidade desse serviço é notável!

Na terceira (e última) parte da série "Web 2.0 em todos os cantos" apresentaremos mais onze serviços. Enquanto isso, qual desses você acha que tem maior potencial?

relacionados


Comentários