Meio Bit » Arquivos » Games » Ingress: a Guerra Invisível da sua cidade

Ingress: a Guerra Invisível da sua cidade

Fonte anônima alerta para a “guerra” invisível que acontece diariamente na cidade em que moramos e que agora pode ser acompanhada pelo aplicativo Ingress.

20/03/2013 às 15:01

O texto que você lerá a seguir me foi enviado por e-mail, por uma pessoa que não se identificou e como considero se tratar de algo que pode ser útil a todos, o reproduzo na íntegra aqui nesse post.


Meu nome não é importante. Minha visão não é importante. Tudo o que você precisa saber está escrito nos parágrafos abaixo e ainda assim somente o necessário para abrir seus olhos para uma realidade atrás da realidade em que você vive. Eu não posso me revelar, sob pena de sofrer represálias de meus pares e inimigos. O que eu direi aqui pode mudar tudo o que você acredita ser verdade, para melhor ou para pior.

O mundo ao seu redor não é o que parece”.


NianticProject | Ingress - It's time to Move.

Foi atrás de esclarecimentos para esta estranha afirmação que ingressei em um universo com jargões como “Energia Exótica”, “resonadores”, “portais” e conspirações para lavagem cerebral e supostas invasões de seres sem matéria ou forma em nosso cotidiano.

Quatro meses atrás eu baixei uma aplicação para meu aparelho celular que se dizia um jogo de ARG (Augmented Reality Game, ou Jogo de Realidade Aumentada). Ao iniciá-la uma voz feminina me deu as boas vindas, juntamente com a preocupante notícia de que aquilo não era um jogo.

Nas minha mãos estava uma ferramenta que transformara meu aparelho em um Scanner XM, um dispositivo capaz de detectar uma nova forma de matéria/energia, chamada Matéria Exótica. Esta matéria, que se comportava de ambas as formas, foi descoberta pela equipe de pesquisadores do CERN, durante os experimentos para encontrar o Bóson de Higgs. Preocupante foi perceber que a Matéria Exótica (Exotic Matter ou XM) possuída dados ordenados, como uma forma de mensagem. De onde e o que, ninguém sabe explicar até agora.

IntelMap

Foi levantada a hipótese de que entidades extra-dimensionais, apelidadas de Shapers, estavam por trás disso, e que o “vazamento” de XM em nosso mundo era uma forma de invasão e controle da mente pelos mesmos. Outros perceberam que a XM é capaz de influenciar pensamentos, tornando a pessoa mais sensível, criativa.

É de se notar também que o XM flui para nosso mundo em maiores quantidades justamente em locais de grande expressão artístico-criativa: obras de arte, estátuas, fontes, museus, parques. É tão inegável a ligação entre XM e tais obras que, frequentemente estes locais abrem portais inteiros para “o outro lado”.

Sob o pretexto de proteger a humanidade dessa ingressão hostil, ao redor do mundo pessoas tomaram para si a tarefa de defensores e formaram A Resistência. Por outro lado, com o argumento de que a XM pode efetivamente levar a raça humana ao próximo nível evolutivo, Os Iluminados passaram a trabalhar ativamente para forçar a aproximação dos dois universos ou dimensões. Esta é a guerra que você não conhece.

Ambos os lados batalham pela ocupação de ditos Portais e controle sobre os mesmos. Se dois portais pertencem à mesma facção, é possível criar um “link” entre os mesmos. Se três portais da mesma facção estão conectados entre si, é formado um Campo de Controle.

É aí que você entra em cena. Olhe para o céu. Você pode não perceber, mas é possível que esteja sob um Campo de Controle neste exato momento. Este campo pode ser da Resistência, e supostamente o protege de influência Shaper. Ou ele pode ser um campo dos Iluminados, e você pode se sentir mais ou menos mentalmente apto, criativo, quase um invólucro para ideias vindas de sabe-se onde.

O fato é que sua mente é parte de um placar global que contabiliza as Unidades Mentais (Mind Units — MU) que cada facção possui. Sim, alguém tem controle sobre sua mente, mesmo que você não perceba, ou mesmo entenda. Você é um número e um troféu a ser conquistado e cuidado. Você pode se manter dessa forma, ou escolher saber mais, mas esteja avisado: não é possível voltar à Matrix.

Inventory Media PortalDetails

A sua disposição estão itens de ataque, defesa e ferramentas para investigação:

— Resonadores são receptáculos de XM e coletam e alimentam portais. Um portal com 8 resonadores está “online” e pode ser conectado a outros portais. Resonadores de níveis mais altos aumentam o alcance dos links do portal.

— Pulsos de XM (XMP Busters) são armas de área, que danificam e destroem resonadores inimigos, tornando um portal novamente neutro e passível de captura. XMP de níveis mais altos causam mais estragos nos resonadores atingidos e têm maior raio de atuação.

— Escudos são equipamentos que, instalados em um portal amigo, o torna mais resistente a ataques de XMP.

— Chaves de portais são utilizadas para ter um acesso direto a um portal, independente de sua localização no mundo, ou para criar um link, ao custo da mesma.

— Mídias são documentos vazados do Projeto Niantic, com informações e códigos que dão acesso a mais equipamentos.

Estes itens são conseguidos através do “hacking” realizado em portais, que pode retornar qualquer número aleatório de qualquer um deles. Mas para isso é necessária a presença física do agente no local do mesmo, utilizando um Scanner XM com recursos de geolocalização.

Existem limites para quantos itens um único agente pode utilizar então não raro membros de uma mesma facção colaboram entre si para operações de maior porte. Mesmo sem se conhecer, o ideal compartilhado causa esta aglutinação inevitável.

A obscenidade na forma em que a humanidade é tratada por ambos os lados é que é assustadoramente simples: tudo não passa de um jogo de “Capture a Bandeira”, com dois lados lutando entre si pela maior quantidade de Mentes, criando campos que cobrem por vezes cidades e até países inteiros, contabilizando para sua facção as MU da área.

Nenhum agente ingressado mantém-se o mesmo. Há relatos de agentes que deixaram de utilizar carro e andam 11 km por dia, de e para o emprego, para poder hackear portais mais facilmente. Outros trocaram ônibus por bicicletas. Este mesmo agente que vos escreve passou a ter uma vida menos sedentária e mais saudável, pelo menos do ponto de vista físico.

Por que eu estou arriscando a vida para contar a minha história? Porque sua mente é um ativo, um produto disputado por pessoas que você nem mesmo conhece, e você nem mesmo sabia disso. O mínimo que eu posso fazer é expor a situação, quer você acredite ou não.

O próximo passo é seu: há uma pílula azul e uma vermelha à sua frente.

relacionados


Comentários