Meio Bit » Arquivos » Games » Desenvolvedor diz que indies deveriam cobrar mais por seus jogos

Desenvolvedor diz que indies deveriam cobrar mais por seus jogos

Para criadores do Ridiculous Fishing, estúdios precisam vender muito para obter lucro com jogos a US$ 0,99 e por isso essa postura deveria mudar.

19/03/2013 às 10:00

ridiculous-fishing_19.03.13

Um dos aspectos que mais ajudou os jogos para celulares a se tornarem tão populares foi o baixo preço cobrado por eles, fazendo com que muitas pessoas adquirissem um título simplesmente porque só lhes custaria um dólar e logo muitos pequenos estúdios imaginaram que venderiam milhões de cópias e enriqueceriam só por causa disso.

É claro que todo consumidor quer obter produtos pelo menor preço possível, mas para o pessoal da Vlambeer, responsáveis pelo último grande sucesso da App Store, o jogo Ridiculous Fishing, tal abordagem é muito arriscada e talvez esteja na hora dos profissionais começaram a cobrar um pouco mais por suas criações.

Acreditamos que os desenvolvedores não devem ter medo de cobrar US$ 3 por um jogo. O problema é que por US$ 0,99 você precisar vender uma infinita quantidade de cópias para poder sobreviver como um desenvolvedor independente. A maioria dos jogos não chegam nem perto disso.

O resultado direto de toda essa corrida pelo menor preço é o predomínio de jogos Free-to-Play no iOS – o que parece ser uma aposta mais segura, mas como é quase impossível fazer um jogo gratuito de uma maneira que não seja maléfica e sem sacrificar a elegância do seu game design, nós preferimos cobrar US$ 3.

Repare que numa tacada só a empresa criticou tanto os jogos vendidos por preços muito baixos quanto o modelo de distribuição Free-to-Play, ambas posturas defendida por muitas empresas e como o último lançamento deles alcançou um enorme sucesso de crítica e de vendas, fica evidente que em boa parte das vezes um bom jogo vende bastante, independente do valor cobrado por ele.

[via GamesIndustry]

relacionados


Comentários