Meio Bit » Baú » Fotografia » Nikon Coolpix A - compacta com sensor APS-C

Nikon Coolpix A - compacta com sensor APS-C

05/03/2013 às 22:52

Estaremos chegando a um momento da história da tecnologia da fotografia digital onde todas as câmeras serão Full Frame ou com sensor APS-C? Isso já era uma verdade na época em que todo mundo fotografava com filme, sendo que os filmes profissionais, de maior qualidade e características específicas, estavam disponíveis para todos, independentemente da câmera que fosse usada. O digital nos apresentou a um mundo de sensores de diversos tamanhos e o tão conhecido fator de corte, onde ter uma câmera Full Frame era uma realidade para alguns abonados Semi-Deuses. Mas, tudo está mudando. Preços estão baixando, reflex full frame de entrada foram criadas e câmeras compactas com sensor APS-C (tamanho pouco menor do que um fotograma de 35mm) foram lançadas. Onde isso vai chegar ninguém sabe. Que fique claro que o tamanho do sensor não vai melhorar sua fotografia se você não estudar a fundo o tema, mas nas mãos de um bom entendedor pode ser uma ótima fonte de conforto.

Agora, depois de lançamentos de sistema mirrorless que não convenceram muito, a Nikon decide entrar no mercado que até agora era dominado por Fuji e Sony. Agora todos podem ter acesso à Coolpix A, uma câmera compacta, com lente fixa, equipada com um sensor CMOS APS-C de 16 megapixels. Isso mesmo meus amigos, a Nikon, a empresa louca por megapixels, está lançando uma câmera com uma densidade de pixels que daria água na boca de qualquer um. Imaginem como ela deve se comportar em ISO elevado. Se manter metade da capacidade de processamento das câmeras mais avançadas da empresa então essa pequena guerreira vai ser melhor do que muita câmera reflex que está no mercado. Fora o tamanho e a densidade de pixels, a Nikon também decidiu retirar o filtro ótico low-pass que normalmente fica na frente do sensor. Esse filtro previne o moiré (efeito reticulado) e o surgimento de falsas cores, porém interfere na resolução e nitidez da imagem. A decisão de retirada do filtro é até justificada se quiserem brigar com a tecnologia X-trans da Fuji.

A câmera chega equipada com uma lente e 18,5mm (equivalente a uma 28mm) com abertura máxima de diafragma em f/2,8. Grande sensor de imagem e uma generosa abertura de diafragma, tudo o que um fotógrafo quer. Também podemos contar com uma velocidade ISO de 100 a 6400, visor LCD de 3 polegadas, arquivos RAW (NEF) com 14 bits, 4 fotos por segundo no disparo contínuo, filmes em Full HD com 24, 25 ou 30 fotogramas por segundo e sapata para flash externo compatível com o sistema i-TTL. A única parte estranha é que a câmera chega com o processador EXPEED 2, o modelo de geração anterior da Nikon. Ou essa câmera está sendo planejada já há algum tempo ou coisa mais poderosa está ainda no forno da empresa.

Porém, nem tudo são flores crianças. Tamanha tecnologia vem com um preço, e um preço meio salgado. A nova Coolpix A vai estar nas prateleiras em março nas cores preto e branca ao preço de US$ 1.100,00. Se seguir a mesma lógica de preço das câmeras da Fuji, então não esperem essa câmera por menos de 4 mil reais no Brasil.

NikonCoolpixA

Fonte: Dpreview

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários