Meio Bit » Baú » Internet » Harlem Shake vira app para Android

Harlem Shake vira app para Android

Febre ou não a verdade é que o Harlem Shake se tornou um fenômeno na web. Com 4 mil uploads diários, d'Os Simpsons ou próprio YouTube, não era de se admirar que um app logo surgisse. E surgiu; para desespero ou alegria de muitos!

04/03/2013 às 14:10

Harlem-Shake-Creator-01

Não que a uma altura destas ainda precise explicar como tudo funciona mas, para não dizer que não falei das flores, aqui vai uma micro aula. Preparem-se para o Harlem Shake 101.

A brincadeira é simples: durante 15 segundos uma pessoa, dentro de um grupo maior e preferencialmente usando algo - digamos - inusitado na cabeça, dança sozinha ao som da música composta pelo DJ e produtor musical americano Baauer, Harlem Shake.

Depois destes 15 segundos iniciais, o mundo vira de cabeça para baixo e praticamente tudo em cena se transforma em uma caricatura animada, depois de um corte abrupto, enquanto a música continua, por outros 15 segundos.

Sim meus amigos e minhas amigas, tudo que é doce dura pouco e a farra não leva mais do que 30 míseros segundos…

Isso se não contarem a média de 4.000 uploads de versões diferentes que o YouTube recebe por dia! Neste caso, de acordo com a calculadora do windows, são 120 mil segundos diários, o que significam 2 mil minutos que em bom matematiquês significa que o site recebe mais de 33 horas de Harlem Shake todos os dias. Quer mais? Pois se estes números fossem absolutos, seriam precisos 3 anos assistindo algo que faria o próprio Freud pedir para sair.

Não é a toa que os Simpsons e até próprio YouTube, entre outros, entraram na bricadeira. Só não esqueça de diminuir o som se quiser manter o emprego

Com tanto sucesso assim, não demorou muito e o primeiro Harlem Shake Tabajara Creator surgiu. Em teoria é um aplicativo relativamente leve, são 3,8 MB de acordo com o Google Play. Na prática, este número praticamente dobra e ele ocupa 6,13 MB na memória interna do celular e não pode ser movido para o cartão SD. Nada demais para quem tem um Galaxy SIII ou outro aparelho com uma memória interna grande mas para que usa um Sony Xperia Neo - como este que vos escreve - com seus 380 MB, cada meio bit (perdoem a piadinha infame) de memória é disputado a tapa.

O Harlem Shake Creator é o típico app temporário. Daqueles que você instala e desinstala alguns dias depois quando percebe que não tem mais utilidade. Afinal ele só tem razão de ser enquanto a "febre" não passar mas, enquanto o modismo existir, pode garantir boas risadas com os amigos depois da 4ª ou 5ª rodada no bar.

Simples, direto e objetivo, em poucos cliques e um pouco de imaginação você o seu clipe pronto e devidamente publicado no YouTube, como podem conferir no passo-a-passo abaixo.

Tela inicial

Harlem-Shake-Creator-01

Explicando o primeiro passo

Uma pessoa (geralmente mascarada) dançando sozinha por 15 segundos, cercada por outras que não percebem o dançarino solitário.

Harlem-Shake-Creator-02

Contagem regressiva antes da filmagem começar

Harlem-Shake-Creator-03

Tela de aprovação ou refilmagem

Harlem-Shake-Creator-04

Tela de upload para o YouTube

Harlem-Shake-Creator-05

Tela de confirmação

Harlem-Shake-Creator-06

O resultado vocês conferem abaixo com o que devem ser os 2 Harlem Shakes mais "forever alone" já gravados.

Aqui o link para baixar o Harlem Shake Creator Lite (a versão 0800) no Google Play. Na versão paga (R$2,00) é possível salvar o vídeo na sua biblioteca e não tem banners publicitários. É bom notar que o app precisa ter acesso à sua conta no YouTube e como o login é único, isso significa acesso à tudo o que tiver no Google! Além disso, nada garante que seu vídeo seja um sucesso. Afinal, até mesmo os moradores do Harlem, em Nova Iorque, não suportam o Harlem Shake.

Há também uma versão para iOS paga mas, segundo um amigo que o testou a meu pedido em um iPhone 4, o app sempre travava no último passo.

relacionados


Comentários