Meio Bit » Baú » Games » Nintendo cita Brasil em relatório sobre pirataria

Nintendo cita Brasil em relatório sobre pirataria

27/02/2013 às 13:00

dori_ds_27.02.13

Assim como faz todos os anos, a Nintendo enviou uma carta às autoridades norte-americanas onde cita os principais territórios onde a pirataria deve ser combatida e o nosso querido Brasil foi citado, ao lado da Espanha, China e México.

No documento a fabricante pede que os países atuem com mais força contra a distribuição ilegal de jogos, algo que estaria lhe causando enormes perdas e até mesmo pede que sites de compartilhamentos sejam bloqueados ou que aqueles que praticam a pirataria encarem processos criminais.

A Nintendo, da mesma forma como as editoras e desenvolvedoras, é afetada pela prevalência e pela facilidade da distribuição online ilegal, assim como a contínua fabricação, montagem, distribuição, importação, exportação e venda de produtos falsificados da Nintendo ao redor do globo,“ diz um trecho da carta, que ainda afirma que há cada mês dezenas de milhares de jogos ilegais da BigN são encontrados na internet e que limitar isso continua se mostrando algo extremamente desafiador.

Na minha opinião a reclamação por parte da Nintendo ou qualquer outra empresa do ramo é válida, mas ao contrário do que fez Sony ou Microsoft recentemente, a empresa do Mario não se aproximou do Brasil, seja fabricando seus consoles por aqui ou mesmo contando com uma representação digna.

Portanto, antes da BigN achar que está combatendo algo ao mandar cartinhas para políticos que estão pouco se importando se a companhia irá quebrar porque alguém está num porão baixando seus jogos como se não houvesse amanhã, o que ela tem feito para melhorar a situação por aqui? Porque eu não tenho visto muita coisa.

[via TorrentFreak]

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários