Meio Bit » Baú » Demais assuntos » Comemoremos: Mandaram o Android pro espaço!

Comemoremos: Mandaram o Android pro espaço!

27/02/2013 às 8:49

STRaND-1-with-Susan-during-final-assembly-750p

Segunda-feira a Índia lançou mais um foguete, mostrando que ser um país pobre cheio de gente não é desculpa para não ter um programa espacial decente (estou olhando pra você, Brasil). Da base de lançamentos em Sriharikota.

O Veículo Polar de Lançamento de Satélites parecia um daqueles ônibus que vemos no Discovery, além do SARAL, um satélite franco-indiano, ele levou de carona nada menos que seis satélites menores, de vários países, como Canadá e Dinamarca.

Entre eles o mais interessante é o STRaND-1, um microsatélite que usa um Google Nexus One como cérebro auxiliar, e depois dos testes preliminares, como cérebro principal.

O celular rodará 4 apps específicas para navegação, monitoramento da Terra via câmera, estudos de campo magnético e vários outros experimentos. Será possível até enviar Apps para o Android, atualizando-o.

O STRaND-1 também testará tecnologia de impressão 3D, com componentes criados por essa técnica, rodará como SO principal Linux, em um processador dedicado, testarão motores de plasma e principalmente, avaliarão a resistência de componentes não-blindados como os do Nexus One, descobrindo quanto tempo sobrevivem no espaço.

Uma das técnicas curiosas que desenvolveram é para lidar com o frio danificando a bateria. Se o sistema detectar que a temperatura caiu muito, ele executará uma tarefa muito intensa, aquecendo a CPU e junto a bateria. Alguém duvida que seja Flash?

Fora o custo do Nexus One o satélite todo custou o preço de um carro popular. MUITO em conta.

Aqui o vídeo do lançamento do STRaND-1 e dos outros satélites. Não reclame, pobre tem que pegar o parador mesmo 😉

relacionados


Comentários