Meio Bit » Baú » Games » Salto para a próxima geração não deverá ser tão grande

Salto para a próxima geração não deverá ser tão grande

26/02/2013 às 16:00

dori_mass_26.02.13

Apesar do anúncio do PlayStation 4 não ter trazido muitos detalhes sobre suas especificações técnicas, alguns trailers serviram para nos fazer ter noção de como será a próxima geração e o simples anúncio de um novo videogame já é o suficiente para nos fazer sonhar com gráficos muito mais detalhados. Porém, para Neil Thompson, diretor de arte da BioWare, é bom não criarmos uma expectativa muito grande.

Segundo ele, embora teremos um salto considerável quando os próximos consoles chegarem, ele não será tão evidente quanto muitos poderiam imaginar e um dos motivos para isso seria o atual cenário econômico, fazendo com que as empresas não estejam dispostas a serem surpreendidas como na última troca de geração, quando muitos se deram conta tarde demais de que precisariam de mais profissionais e um maior conhecimento para desenvolver jogos tecnicamente muito superiores ao da época do PlayStation 2, GameCube e Xbox.

De acordo com Thompson, quando o Xbox 360 e o PS3 chegaram ao mercado, havia a sensação de que estávamos vendo aparelhos dez vezes mais poderosos que seus antecessores, algo que se fosse repetido dessa vez, obrigaria os estúdios a venderem entre 20 e 30 milhões de cópias para não terem prejuízo, o que como você devem saber, é completamente inviável.

Por tudo o que tenho lido ultimamente, essa busca por baratear o custo de desenvolvimento dos jogos parece ser um dos principais objetivos a serem alcançados na próxima geração e se por um lado esse “pequeno” ganho poderá frustrar alguns consumidores, ele servirá para deixar os desenvolvedores mais preparados para encarar a transição e deverá - ou pelo menos poderá - ajudar a baixar o preço dos games.

[via Official Xbox Magazine]

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários