Meio Bit » Baú » Games » Para Cliff Bleszinski, indústria vive momento delicado

Para Cliff Bleszinski, indústria vive momento delicado

26/02/2013 às 10:00

dori_clif_26.02.13

A transição de gerações é normalmente um período complicado, onde tantos os jogadores quantos os profissionais da indústria são obrigados a lidarem com inúmeras incertezas, mas na opinião de Cliff Bleszinski, a mente por trás da série Gears of War, há muito tempo não víamos uma situação tão delicada quanto a que estamos vivendo agora.

Durante uma palestra em um encontro com outros desenvolvedores, CliffB mostrou-se bastante preocupado com o rumo que a indústria de games seguirá e disse que este seria o pior momento para ele voltar a trabalhar com a criação de jogos.

A indústria não esteve em um estado de transição como este desde o crash dos videogames da década de 80. Eu realmente acho que estamos em um estado de turbulência. Penso que mais adiante a Nintendo poderá encarar a situação de se tornar uma companhia que apenas faz jogos. Acho que Sony e Microsoft poderão sofrer um grande golpe, mas ao mesmo tempo, as pessoas amam jogar em seus iPads. O PC está passando por um renascimento no momento e acredito estarmos pronto para o download de jogos sempre… Eu só quero ver o que irá acontecer.

Bleszinski ainda aproveitou o evento para criticar a burocracia imposta pelas fabricantes quando se trata do lançamento de atualizações para os jogos e disse que os próximos consoles precisam se tornar tão abertos quanto os computadores ou tablets, além deles adotarem uma política de preço mais flexível, não se limitando a ter todos os lançamentos custando US$ 60, pois na sua opinião, há gêneros que não conseguem obter sucesso quando vendidos por um valor tão alto.

Apesar de qualquer citação ao período em que a indústria de games quase quebrou sempre servir para nos fazer morrer de medo, a crítica de Bleszinski faz bastante sentido e se pararmos para pensar no quanto os jogos sociais, os tablets e smartphones estão incomodando as fabricantes de consoles, é fácil perceber que de fato essa mudança de geração está sendo bastante complicada, algo que tem se refletido nos muitos fechamentos de estúdios.

Seria isso o suficiente para uma empresa tão tradicional quanto a Nintendo desistir do hardware e se ver obrigada a ver suas franquias nos aparelhos de outras empresas? Somente o tempo dirá, mas que estamos vivendo uma época de profundas mudanças na indústria, disso não resta dúvidas.

[via GamesIndustry]

relacionados


Comentários